Kwanza Norte: Autoridades destroem mais de dois mil engenhos explosivos não detonados

(Foto. D.R.)
(Foto. D.R.)
(Foto. D.R.)

Dois mil e 700 engenhos explosivos não detonados e 2.800 munições diversas desactivados no quadro de várias acções de desminagem em curso na província foram destruídos durante a semana em curso, na localidade de Dange-ya-Menha, município de Kambambe ( província do Kwanza Norte) por uma equipa afecta ao Instituto Nacional de Desminagem (INAD).

Dados adquiridos hoje pela Angop de fonte do comando provincial da Polícia Nacional indicam que os referidos artefactos foram desactivados no quadro das acções de desminagem em curso na província e recolhidos da posse ilegal de civis no âmbito do programa nacional de desarmamento da população.

Refere que, os meios em causa foram desactivados pelas várias operadoras de desminagem que actuam a província a nível das localidades de  Canhoca  (no município de Cazengo), na ponte sobre o rio Lucala-2, na localidade de Kassala onde decorrem actividades de exploração de ferro e  recolhidos da posse de civis.

A fonte destaca a colaboração dos cidadãos na denúncia de áreas suspeitas de minas e de esconderijos de material bélico usado durante o conflito armado. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA