Ler Agora:
Golo de Gilberto coloca Petro nas meias-finais da Taça de Angola
Artigo completo 2 minutos de leitura

Golo de Gilberto coloca Petro nas meias-finais da Taça de Angola

O Petro de Luanda, detentor da taça de Angola, apurou-se para as meias-finais da competição, ao vencer por 1-0, no estádio 11 de Novembro, o Benfica de Luanda com o único golo rubricado por Gilberto.

Jotabé revelou-se seguro na baliza do Petro de Luanda (ANGOP)

Jotabé revelou-se seguro na baliza do Petro de Luanda (ANGOP)

Depois de ter perdido há um mês diante do mesmo Benfica, por 0-2, para o Girabola, os “tricolores” hoje não contaram com o capitão Chara, expulso no jogo diante do 1º de Maio, e a vaga foi ocupada por Mano.

O Petro destacou-se no meio campo com intervenções sucessivas de Gilberto, Job e Diógenes ante um Benfica apático nos trê sectores e que só não sofreu mais golos também por alguma sorte.

Aos 38, na sequência de pontapé de canto executado por Job, Gilberto de cabeça fez o 1-0. Ao minuto 39, primeira alteração na equipa encarnada. Saiu Tchicuma e entrou Rasca, para jogar ao ataque, revelando-se pouco consistente.

Na segunda parte, o treinador José Dinis abriu com alteração. Saiu o lateral Loló e deu lugar ao experiente Mabiná. Job e Gilberto destacavam-se nas jogadas ofensivas, mas as “águias” mostravam muita qualidade, sobretudo no eixo central da defesa.

Diógenes, aos 58 minutos, com soberba oportunidade de marcar o segundo de cara com o guarda-redes contrário rematou para cima da baliza.

Rasca com alguma experiência tentava levar o perigo à baliza de Jotabé, mas sem sucesso. Romeu Filemon colocou em campo o avançado Álvaro, tirando Avex, muito apagado, mas também não surtiu os efeitos desejados.

O Benfica apostou forte no ataque para no minímo empatar a partida. O adversário passou a jogar mais recuado para segurar o resultado e conseguiu. (portalangop.co.ao)

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »