Gâmbia: Oposição denuncia retirada da Gâmbia da Commonwealth

Ousainou Darboe (Foto: D.R.)
Ousainou Darboe (Foto: D.R.)
Ousainou Darboe (Foto: D.R.)

Banjul, Gâmbia – O chefe da oposição na Gâmbia, Ousainou Darboe, qualificou de “erro” a decisão do país de se retirar da Commonwealth que agrupa 54 países, incluindo a Grã Bretanha.

Darboe, chefe do Partido Democrático Unido (UDP) declarou domingo, a jornalistas no aeroporto de Banjul, aquando do seu regresso duma viagem pelos Estados Unidos, que a decisão é um fiasco e impertinente.

Afirmou que a retirada, anunciada pelo Governo, desta “organização muito respeitada” sem nenhuma razão valida é particularmente incompreensível.

De facto,  Governo anunciou a retirada, num comunicado divulgado quarta-feira última por estes termos: “a Gâmbia nunca será membro duma instituição neocolonial e nunca fará parte duma instituição que é o prolongamento do colonialismo”. (panapress.com)

DEIXE UMA RESPOSTA