Filipinas: Sismo deixa pelo menos 20 mortos e igrejas históricas destruídas

(Foto: AFP)
(Foto: AFP)
(Foto: AFP)

Epicentro do terramoto de 7,2 na escala de Richter foi a 570 quilómetros da capital Manila.

A ilha de Cebu foi a mais abalada no sismo desta terça-feira que atingiu o arquipélago das Filipinas e fez pelo menos 20 mortos e deixou várias casas e igrejas históricas destruídas.

O sismo de magnitude 7,2 na escala de Richter ocorreu às 8h12 da manhã nas Filipinas (18h15 de segunda-feira na hora portuguesa) e teve o epicentro perto de Carmen, numa remota região na ilha de Bohol, onde terão morrido quatro pessoas.

O epicentro foi a cerca de 55 quilómetros de Cebu City. Nesta cidade de 870 mil pessoas, a cerca de 570 quilómetros da capital Manila, o forte abalo e subsequentes réplicas deixaram várias casas e igrejas históricas destruídas. Uma pessoa morreu na ilha de Siquijor.

Só na ilha de Cebu terão morrido pelo menos 15 pessoas, disse à Reuters Rey Balido, porta-voz do Conselho para a Gestão e Redução do Risco de Desastres Nacionais. Os habitantes fugiram das suas casas de Cebu City, relata a agência, e os doentes foram retirados dos hospitais para espaços abertos.

Não há notícias de mortes entre os turistas, refere a Reuters. Os voos para Bohol e Cebu foram cancelados e as localidades mais afectadas, onde as réplicas continuaram por muito tempo, ficaram sem luz. (publico.pt)

DEIXE UMA RESPOSTA