EUA superam Rússia no gás e petróleo

(oje.pt)
Os EUA deverão superar ou já terão mesmo superado a Rússia como maior produtor mundial de petróleo e gás natural, de acordo com uma análise realizada pelo jornal “The Wall Street Journal”.

(oje.pt)
(oje.pt)

A produção energética dos EUA tem crescido nos últimos anos impulsionada pela extração de gás natural e petróleo de xisto, através de tecnologias que não estavam disponíveis há uma década, como a fraturação hidráulica, e que a Rússia ainda não utiliza.

Os EUA produziram o equivalente a cerca de 22 milhões de barris de petróleo por dia, gás natural e combustíveis relacionados em julho, de acordo com dados da Administração de Informação da Energia norte-americana e a Agência Internacional de Energia (IEA), citados pelo “WSJ”.

Embora nenhum destes organismos disponha de dados para o mercado russo, o governo do país estima que a produção de petróleo e gás para este ano atinja os 21,8 milhões de barris/dia.

O jornal acrescenta que as importações dos EUA de gás natural e crude recuaram 32% e 15%, respetivamente, nos últimos cinco anos, reduzindo o défice comercial do país, enquanto o aumento da produção tem permitido criar reservas suficientes para vender a outros países.

No gás natural, muitas vezes excluído das análises ao setor petrolífero, a Rússia e os EUA são dos maiores produtores mundiais. No ano passado, Washington conseguiu inclusive superar a produção da Rússia, pela primeira vez desde 1982, segundo dados da IEA.

Produção sem alterações


As exportações russas têm sido lastradas pelo aumento da concorrência e pela crise económica europeia. O governo estima que a produção de petróleo se mantenha sem alterações até 2016, enquanto o gás natural deverá crescer 3%. (oje.pt)

DEIXE UMA RESPOSTA