EUA e Afeganistão sem acordo

(Foto: CNN)
(Foto: CNN)
(Foto: CNN)

As conversações entre John Kerry e Hamid Karzai terminaram sem que os Estados Unidos e o Afeganistão tenham chegado a um acordo que permita a permanência das tropas americanas para lá de 2014.

O grande pomo da discórdia continua a ser a imunidade dos militares americanos. Os Estados Unidos insistem que aqueles que infringirem a lei afegã devem poder ser julgados em território americano.

“Se o tema da jurisdição não puder ser resolvido, então não pode haver um acordo bilateral de segurança. Esperamos que seja resolvido e isso cabe ao povo afegão”, disse o secretário de Estado norte-americano.

O presidente afegão Hamid Karzai deixou o tema nas mãos do parlamento.

Os Estados Unidos querem ver um acordo assinado até ao fim deste mês. As tropas da NATO devem deixar o Afeganistão no próximo ano, mas os Estados Unidos querem prolongar a permanência das tropas, através de um pacto de cooperação. (pt.euronews.com)

DEIXE UMA RESPOSTA