Ensino superior projecta estratégia para recrutar docentes

Adão do Nascimento, Ministro do Ensino Superior (Foto: ANGOP)
Adão do Nascimento, Ministro do Ensino Superior (Foto: ANGOP)
Adão do Nascimento, Ministro do Ensino Superior (Foto: ANGOP)

A carência de professores, sobretudo nas novas universidades das cinco regiões académicas do país, será ultrapassada com a execução de uma estratégia já estruturada, anunciou no Dundo, Lunda Norte, o ministro do Ensino Superior, Adão do Nascimento.

O governante, que falava no encerramento dos trabalhos da Conferência Internacional sobre a Educação e Cidadania promovida pela Universidade Lueji Á Nkonde, disse que existe um programa que estabelece normas e etapas para o recrutamento de docentes para as instituições do ensino superior no país.

“Já temos estruturado as ideias em termos de projectos e programa de trabalho e vamos trabalhar no sentido de continuar a fortalecer o corpo docente de cada instituição do ensino superior,” sublinhou.

Para o dirigente, as necessidades são de âmbito nacional e não propriamente específicas de uma ou outra universidade e, por essa razão, a estratégia também é global, onde está definido qual o esforço que cada instituição deverá fazer.

Para o recrutamento de docentes, explicou, as instituições irão identificar os melhores alunos em cada curso que, posteriormente, receberão a formação para fortalecer as equipas existentes.

“Vamos fazer isso de forma organizada e ambiciosa, apostando em números grandes para rapidamente invertermos o estado que temos nessa matéria e isso será extensivo a todas instituições de ensino superior públicos.  (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA