Embaixador Garcia Bires defende reforço da cooperação com Coreia do Norte

Embaixador Garcia Bires e seu staff com responsáveis da diplomacia norte-coreana (Foto: Alberto)
Embaixador Garcia Bires e seu staff com responsáveis da diplomacia norte-coreana (Foto: Alberto)
Embaixador Garcia Bires e seu staff com responsáveis da diplomacia norte-coreana (Foto: Alberto)

O Embaixador Joao Garcia Bires defendeu, na cidade de Pyongyang, o reforço da cooperação entre as república de Angola e Popular e Democrática da Coreia, para que seja geradora de desenvolvimento.

A posição foi manifestada esta quarta-feira durante os encontros que manteve com os responsáveis da diplomacia e do comércio externo norte-coreano, algumas horas depois de ser acreditado como novo embaixador de Angola na República Popular e Democrática da Coreia.
“As relações de amizade entre a República de Angola e a República Popular Democrática da Coreia remontam do período da luta de libertação nacional e sempre foram consideradas excelentes, razão pela qual o nosso executivo pretende reforçar e consolidar a cooperação bilateral” – disse o diplomata angolano.
As relações de cooperação económica, científica e técnica entre ambos os países tiveram início em Maio de 1977 com a assinatura do Acordo Geral de Cooperação Económica, Científico e técnica, altura em que o primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, visitou oficialmente a República Popular Democrática da Coreia.
No seu quadro especifico, a cooperação baseou-se fundamentalmente na prestação de assistência técnica em sectores sócio-económicos de Angola, tendo em 1993 ficado reduzida ao sector da saúde, com um pequeno número  de técnicos distribuídos por províncias.
“As relações de cooperação entre os dois países situam-se muito aquém das expectativas criadas, sendo necessária a alteração dos fundamentos que lhe deram origem para que incida sobre outras áreas que sejam geradoras de desenvolvimento e não apenas mera prestação de assistência
técnica – defendeu o embaixador João Garcia Bires.
A República Popular e Democrática da Coreia localiza-se no sudeste da Ásia, possui uma população aproximada de 24 milhões de habitantes distribuída numa extensão de 122,8 mil quilómetros quadrados.

Em 2011, o seu Produto Interno Bruto nominal foi de 13,8 billiões de dólares. O Sector industrial é o principal ramo da sua actividade e foi responsável de 48% do PIB, seguindo-se os serviços com 29% e a agricultura com 23%.

O seu Comércio externo apresentou em 2011 variações de 48,6 % em relação a 2007, No ranking da ONU/ UNCTAD de 2011, a Coreia do Norte figurou como o 140º mercado mundial, sendo o 123º na exportação e o 148 na importação. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA