Director aponta formação como prioridade da Comunicação Social

Director provincial da Comunicação Social de Malanje, Simão Marcos (Foto: Joaquina Bento)
Director provincial da Comunicação Social de Malanje, Simão Marcos (Foto: Joaquina Bento)
Director provincial da Comunicação Social de Malanje, Simão Marcos (Foto: Joaquina Bento)

O novo director provincial da Comunicação Social, Simão Marcos afirmou hoje, nesta cidade, que a formação contínua dos quadros, constitui a prioridade da sua direcção, com vista a capacitar os jornalistas e técnicos dos órgãos de imprensa na província, para o exercício de um jornalismo investigativo.

O responsável prestou essa informação quando falava a propósito do plano de acção da sua direcção, referindo que essa aposta surge no sentido de dotar os jornalistas de qualidades profissionais, bem como criar condições para o resgate da “mística” do jornalismo em Malanje, no sentido de se tornar a província no “celeiro jornalístico” que já ostentou nos tempos idos.

Referiu que a província tem potenciais para reconquistar essa posição na arena nacional, dando quadros capazes de desenvolverem o sector da Comunicação Social no país.

“Malanje já foi um grande celeiro do jornalismo angolano, mas devido a guerra muitos profissionais tiveram que se deslocar para Luanda e noutras províncias do país, por isso urge reactivar esse potencial”, sustentou.

Outra prioridade, disse, vai se cingir na extensão dos sinais da Rádio Nacional de Angola (RNA) e da Televisão Pública de Angola (TPA) nos municípios de Malanje, bem como o reforço dos correspondentes municipais da Angop e a distribuição do Jornal de Angola (JA) para além da cidade capital.

Por outro lado, Simão Marcos fez saber que tudo fará junto do Governo, para persuadir a institucionalização do prémio provincial de jornalismo, já anunciado pelo governador provincial, Norberto dos Santos, para 2014.

“Vamos evidenciar contactos para que o prémio seja uma realidade, para que os profissionais da Comunicação Social possam ser dignificados”, frisou.

Actualmente, a província conta com mais de 40 jornalistas de quatro orgãos públicos de imprensa e de alguns privados.

Simão Marcos foi empossado  director provincial de Comunicação Social, a 16 deste mês. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA