Crédito ao cliente cresce 26 porcento

(DR)
(DR)
(DR)

Luanda – O crédito ao cliente em Angola, em 2012, cresceu na ordem de 26 porcento, segundo um estudo anual sobre Banca em Análise da Deloitte Angola, publicado na última semana.

Segundo o estudo a que a Angop teve hoje acesso, para este facto contribui a confiança no Kwanza (moeda nacional), reforçada pela estabilidade cambial, que tem sido fundamental para prossecução de uma política de desenvolvimento do crédito concedido em moeda nacional.

De acordo com o documento, apesar do resultado positivo, verificou-se a redução da rentabilidade, próprio de um mercado em amadurecimento.

Acrescenta que para este facto contribuem diversas causas, associadas aos investimentos que os bancos estão a fazer nos seus processos de expansão e de crescimento orgânico, mas também de um mercado em evolução.

Para o estudo, o estreitamento da margem financeira e o aumento das previsões para crédito concedido são elementos novos, para os quais o sistema bancário está a encontrar respostas.

Os resultados atrás referidos são alcançados num momento em que a economia angolana acelerou o seu ritmo de crescimento, passando de 3,4 porcento em 2011, para cerca de 8 porcento em 2012. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA