Conversações comerciais entre EUA e UE anuladas

(Foto: euronews.com)
(Foto: euronews.com)
(Foto: euronews.com)

A paralisação parcial do governo norte-americano levou à anulação das conversações comerciais com a União Europeia.

A segunda ronda de conversações entre os Estados Unidos e a União Europeia com vista à criação de uma zona de comércio livre foi adiada.

Ao quinto de paralisação, republicanos e democratas ainda estão longe de um acordo.

Falando em público, o presidente Barack Obama referiu a importância de um acordo.

“Se o presidente da assembleia, Boehner, permitir a realização do voto, podemos terminar esta paralisação. Muitas famílias, não apenas aqui em Washington, mas por todo o país, vão receber os cheques e serão capazes de pagar as suas hipotecas”, disse Obama no decurso de uma inesperada saída

Do lado dos Republicanos permanece a atitude de desafio.

“Isto não é um jogo. Tudo o que pretendemos é discutir e fazer justiça, retomar a governação, trazer justiça aos norte-americanos sujeitos ao Obamacare”.

Às portas do Capitólio, funcionários governamentais expressaram o seu descontentamento.

Muitos acusam o governo de estar a servir-se deles num jogo político sem fim à vista

A paralisação parcial começou na terça-feira passada quando a câmara dos representantes recusou a aprovação de legislação com vista a aumentar o teto de financiamento do governo com vista à implementação do controverso sistema de assistência na saúde conhecido como Obamacare. (pt.euronews.com)

DEIXE UMA RESPOSTA