China: Procura interna faz acelerar economia

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

A procura interna na China fez inverter a tendência de abrandamento que a economia chinesa estava a registar desde o início do ano.

No terceiro trimestre, a economia chinesa carregou no acelerador e cresceu 7,8%, interrompendo a tendência de desaceleramento dos dois primeiros trimestres do ano, revelou hoje o Gabinete Nacional de Estatísticas da China citado pela agência Lusa.

Segundo a mesma fonte, as vendas a retalho aumentaram 13,3% em Setembro. Este indicador da procura interna tem sido encarado como o motor do crescimento chinês, dada a crise que viem os seus dois principais mercados de exportação: União Europeia e Estados Unidos da América.

O crescimento da produção industrial abrandou em Setembro, de 10,4% para 10,2%. O tempo do crescimento anual de dois dígitos parece ter passado à História. Se a tendência do 3.º trimestre de 2013 se mantiver até ao final do ano, a economia chinesa crescerá este ano 7,7% ou 7,8%, o mesmo que em 2012, que já foi o valor mais baixo desde 1999. (economico.pt)

Por Sónia Santos Pereira   com Lusa 

DEIXE UMA RESPOSTA