China: Ar irrespirável no nordeste

(EURONEWS)
(EURONEWS)
(EURONEWS)

Os níveis de poluição atmosférica em várias cidades do nordeste da China obrigaram as autoridades a encerrarem escolas, aeroportos e mesmo auto-estradas.

Uma densa nuvem de fumo abateu-se sobre a região, carregada das mais pequenas e mais nocivas partículas da atmosfera.

A cidade mais atingida é Harbin, capital da província de Heilongjiang, junto da fronteira com a Rússia.

Nesta cidade, a densidade de partículas excede os 1000 microgramas por metro cúbico. A Organização Mundial da Saúde considera que acima dos 300, o ar é perigoso para a saúde.

As causas desta espessa nuvem de fumo são o uso de carvão para o aquecimento das residências e as queimadas nos arredores da cidade.

Na semana passada, o governo de Pequim pôs em funcionamento um sistema de alerta à poluição atmosférica, codificado por cores, que inclui a suspensão temporária de obras de construção, produção industrial, proibição de churrascos ou de fogos de artifício, durante os picos de poluição. (euronews.com)

DEIXE UMA RESPOSTA