Cabo Verde: MpD almeja eleição de todos os órgãos externos ao Parlamento durante a plenária de Novembro

(inforpress.publ.cv)
(inforpress.publ.cv)
(inforpress.publ.cv)

Cidade da Praia – O Movimento para a Democracia (MpD), almeja a eleição de todos os órgãos externos ao Parlamento durante a sessão plenária de Novembro, disse hoje o presidente deste partido, Ulisses Correia e Silva.

O líder do maior partido da oposição, que falava aos jornalistas depois de um encontro com o presidente da Assembleia Nacional, congratulou-se com o consenso conseguido à volta do nome do Provedor da Justiça, que poderá ser levado à votação ainda na sessão de Outubro.

Em relação à entidade reguladora da Comunicação Social, ao Tribunal Constitucional, à Comissão Nacional da Protecção de Dados e à Comissão Nacional de Eleições os nomes devem ser consensualizados em Novembro para também serem sufragados pelos deputados.

“Queremos que todas essas instituições, todos esses órgãos externos ao Parlamento possam ser eleitos ainda durante a sessão plenária do mês de Novembro. Esperamos que no essencial consigamos ter todos esses órgãos funcionais já a partir de 01 de Janeiro de 2014, disse indicando que as respostas do partido que sustenta o Governo têm sido positivas.

António Espírito Santo Fonseca, antigo presidente da Assembleia Nacional, é o nome consensualizado entre os grupos parlamentares para desempenhar o cargo do Provedor da Justiça.

As negociações estão a ser realizadas ao nível dos grupos parlamentares do PAICV e do MpD e também ao nível dos respectivos líderes partidários. (inforpress.publ.cv)

DEIXE UMA RESPOSTA