Cabo Verde: José Maria Neves intervém em Novembro nos Dias Europeus de Desenvolvimento

(inforpress.publ.cv)
(inforpress.publ.cv)
(inforpress.publ.cv)

Cidade da Praia – O primeiro-ministro, José Maria Neves, intervém na sessão plenária de abertura dos Dias Europeus de Desenvolvimento, que decorrem a 26 e 27 de Novembro em Bruxelas sobre o tema “Uma Visão para a Agenda Pós-2015”, anunciam os organizadores.

A organização, a cargo do executivo comunitário, diz ainda no site do evento que esta é a primeira participação do primeiro-ministro cabo-verdiano nos Dias Europeus de Desenvolvimento, acrescentando que estão “ansiosos para acolhedor o primeiro-ministro Neves em Bruxelas”.

“Cabo Verde é uma nação emergente, com uma agenda de desenvolvimento verdadeiramente transformacional”, escreve a mesma fonte, indicando que desde que alcançou a independência em 1975, o arquipélago “evoluiu para uma democracia estável”, fazendo “progressos consideráveis” em termos de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e renda per-capita, bem como sobre os indicadores de desenvolvimento humano.

Refere ainda que, no final de 2007, o país graduou-se para o grupo de Países de Desenvolvimento Médio e, em 2008, aderiu à Organização Mundial do Comércio (OMC).

“Hoje, a pequena nação-ilha está numa impressionante trilha para atingir a maioria dos Objectivos do Desenvolvimento do Milénio (ODM), fazendo particular progresso sobre aqueles relacionados ao género, saúde, educação e erradicação da pobreza”, lê-se.

Os Dias Europeus de Desenvolvimento 2013 contam ainda com a presença, entre outros, do presidente do Peru e das presidentes da Libéria e do Malawi, sendo ainda representado pelo presidente da Comissão, Durão Barroso, pelo comissário de Desenvolvimento e pelo presidente do Parlamento Europeu.

Participam ainda no encontro de alto nível, o director-geral da Organização Mundial do Comércio, ministros dos Estados membros da União Europeia e representantes das Nações Unidas, Sociedade Civil, Académica e Sector Privado.

Neste evento, que além da sessão plenária de abertura conta com 19 outras sessões, vão participar também os quatro vencedores, dois dos quais provenientes de países não europeus, do concurso “Jovens vozes no combate à pobreza”.

O objectivo deste concurso, cujo prazo limite para a apresentação das candidaturas é 1 de Novembro, é encorajar crianças e jovens com idades entre os 13 e 24 anos a fazer ouvir as suas vozes na discussão sobre a pobreza à escala global.

A tarefa consiste em fazer um vídeo curto (120 segundos no máximo) no qual mostram como gostariam que o mundo fosse no horizonte 2030 e expõem as suas ideias visando a eliminação da pobreza.

Além disso, seus vídeos vão ser exibidos aos participantes e disponíveis no website dos Dias Europeus do Desenvolvimento: http://eudevdays.eu.  (inforpress.publ.cv)

ZS

DEIXE UMA RESPOSTA