Bengo: Vice-governador incentiva população a apostar na agricultura

Vice-Governador do Bengo para esfera económica, Domingos Guilherme (Foto: D.R.)
Vice-Governador do Bengo para esfera económica, Domingos Guilherme (Foto: D.R.)
Vice-Governador do Bengo para esfera económica, Domingos Guilherme (Foto: D.R.)

Caxito – O vice-governador do Bengo para esfera económica, Domingos Guilherme, incentivou sexta-feira, na comuna do Tabi, município do Ambriz, aos camponeses apostarem na produtividade agrícola, visando contribuir no programa do combate a fome e a pobreza.

O governante, que falava no acto de abertura de campanha agrícola 2013/2014, disse que cada cidadão deve fazer a sua parte e os camponeses devem continuar aumentar o nível de produção agrícola na região, com vista a melhoria da qualidade de vidas das famílias.

Frisou que o Governo da província do Bengo está consciente dos problemas que ainda apoquentam as populações, em particular os camponeses, daí continuar a apoiar os agricultores com inputs agrícolas para o aumento da produção e sucesso da actividade na província do Bengo.

Apelou ainda os camponeses beneficiários dos inputs agrícolas, no sentido de conservar os instrumentos entregues pelo governo da província, sobretudo na manutenção das moto-bombas e outros equipamentos para o bem da actividade agrícola.

Por seu turno, o director provincial de Agricultura e do Desenvolvimento Rural no Bengo, Faustino Conga, disse que para presente campanha agrícola 2013/2014, o sector agrícola no Bengo pretende obter uma produção de cerca de 797 mil toneladas de produtos diversos em toda extensão da região.

Informou que estão preparados 1.200 hectares para atender 36 mil famílias camponeses nos seis municípios da província do Bengo.

O responsável revelou ainda que durante a campanha o sector agrícola prevê apoiar 600 famílias camponeses com animais de pequeno porte, para melhorar a dieta alimentar.

Explicou que durante a campanha, os serviços veterinárias vão levar a cabo a vacinação de cinco mil animais contra a raiva e 5.387 cabeças de gado bovino e caprino.

No acto de abertura foram entregues aos camponeses da comuna do Tabi, município do Ambriz, inputs e insumos agrícolas. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA