Bengo: Reserva fundiária das Mabubas terá 58 quilómetros de conduta de água

Engenheiro Carlos Augusto durante apresentação do projecto (ANGOP)
Engenheiro Carlos Augusto durante apresentação do projecto (ANGOP)
Engenheiro Carlos Augusto durante apresentação do projecto (ANGOP)

Pelo menos 58 quilómetros de conduta de água potável vão ser instalados durante a infra-estruturação da reserva fundiária das Mabubas, no município do Dande, província do Bengo, onde serão erguidas sete mil 593 moradias em 18 meses.

Segundo o chefe do departamento de infra-estruturas básicas da Direcção Nacional de Infra-estruturas Urbanas do  Ministério do Urbanismo e Habitação, Carlos Augusto, que revelou segunda-feira durante o lançamento da primeira pedra da empreitada, trata-se de mil 945 ramais domiciliários e 185 marcos de incêndio.

Após o seu término o projecto terá um fornecimento de 147 litros por segundo de água tratada, proveniente de uma estação de tratamento já em construção na
localidade.

O ministro do Urbanismo e Habitação, José António Silva, procedeu ao lançamento da primeira pedra para a urbanização dos 300 hectares da reserva fundiária, que vai beneficiar 45 mil famílias. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA