Avião da TAP obrigado a aterrar em Casablanca

(Foto: TSF)
(Foto: TSF)
(Foto: TSF)

Um avião da TAP com 108 passageiros a bordo foi obrigado a aterrar durante a noite no aeroporto de Casablanca, Marrocos, devido a uma emergência médica.

Em declarações à TSF, o porta-voz da TAP, André Serpa Soares, explica que o avião da TAP foi forçado a «aterrar de emergência em Casablanca devido a uma emergência médica. Devido a essa paragem, as tripulações excederam o seu tempo de trabalho, pelo que os passageiros neste momento aguardam que seja possível retomar o voo com outro avião ou com a mesma tripulação, assim que esteja feito o tempo de descanso».

Um passageiro do avião sentiu-se mal durante a noite e acabaria por morrer já em terra.

O avião, que fazia a ligação entre a capital do Mali, Bamako, e Lisboa deverá deixar o aeroporto marroquino ainda este domingo.

O voo TP258 tinha chegada prevista a Lisboa às 07:00 de hoje. (tsf.pt)

DEIXE UMA RESPOSTA