Alternativas à austeridade defendidas por 60% dos europeus

(EURONEWS)
(EURONEWS)
(EURONEWS)

Mais de dois terços dos portugueses (68%) pensam que as políticas de austeridade seguidas desde o início da crise falharam, segundo uma sondagem Gallup para a plataforma “Debating Europe”.

Em média, metade dos europeus (51%) sondados também têm esta posição crítica.

Confrontados sobre se há melhores alternativas à austeridade, o sim é a resposta de 60% dos cidadãos da União Europeia (UE) questionados. Entre estes, 81% dos portugueses defendem outras opções.

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, admite são precisas outras políticas, mas realça que “não nos baseámos apenas na consolidação orçamental. A nossa política baseia-se também em reformas estruturais com vista à competitividade e com base em investimentos. Por isso é que a Comissão tem vindo a lutar por um orçamento europeu que promova o investimento e crescimento. Logo, concordo com os que pensam que a consolidação orçamental não vai resolver por si só o problema.”

Para os inquiridos, a austeridade acabou por beneficiar os grandes países como Alemanha, França e Reino Unido, apesar dos mais sacrificados serem os do sul, como Portugal, Grécia e Espanha. (euronews.com)

DEIXE UMA RESPOSTA