Cultura jurídica pode prevenir crimes – diz jurista

(Angop)
(Angop)
(Angop)

Luanda – O conhecimento das penas criminais, por parte do cidadão, pode ajudar a prevenir o cometimento de crimes, considerou hoje, no distrito urbano do Sambizanga, em Luanda, o jurista angolano Joaquim Domingos.

O legista teceu esta consideração quando dissertava o tema “Delinquência juvenil, causas e consequências”, numa conferência promovida pelo Conselho da Juventude do Sambizanga, para esclarecer os jovens sobre os efeitos resultantes da prática de delitos.

De acordo com Joaquim Domingos, é necessária maior divulgação da Lei e das penas correspondentes para cada crime, no sentido de inibir os jovens na prática de males.

De igual forma, advogou maior diálogo entre as famílias e entrosamento entre elas e as estruturas de Estado, por forma a acautelar-se prováveis ou possíveis crimes.

Por sua vez, Belchior de Carvalho, secretário executivo do Conselho da Juventude do Sambizanga, fez saber que a sua organização vai continuar a contribuir para a diminuição de delitos, tendo para o efeito apelado ao Estado Maior apoio para a realização das actividades.

“Estamos a receber contribuições dos jovens, de líderes associativos, da igreja e estudantes universitários, por forma a levarmos ao executivo as melhores vias de se diminuírem práticas de crimes”, disse. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA