Paz e reconciliação

Pomba da Paz (Foto: D.R.)
Pomba da Paz (Foto: D.R.)
Pomba da Paz (Foto: D.R.)

Vivemos no país tempos de consolidação da paz e de reconciliação nacional. Há grandes responsabilidades por parte  dos políticos de protagonizarem actos que conduzam os angolanos a uma convivência pacífica.

Os políticos angolanos tiveram em 2002 a inteligência necessária para fazer a paz, um acontecimento de enorme importância e que é tido hoje como grande referência a nível  da resolução de conflitos armados.
A guerra em Angola durou mais de 30 anos, mas conseguimos em pouco tempo, sem a intervenção de instituições internacionais, resolver um problema que causou muitas mortes e a destruição no país.
Os angolanos mostraram que pelo diálogo é possível superar problemas e demonstraram ao mundo que tinham capacidade para fazerem a paz e construírem um pais com estabilidade.
No dia 4 de Abril, vamos comemorar mais um aniversário do fim da guerra em Angola. Hoje, volvidos 11 anos desde o calar definitivo das armas, podemos afirmar que a paz tem permitido ao Estado promover empreendimentos que melhoram de forma significativa a vida de todos nós, independentemente da zona do país em que vivamos. Ler mais (jornaldeangola.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA