Rússia garante lugar especial a Angola nas suas relações com países africanos

20130225090920lobachO novo embaixador da Rússia em Angola, Dmitri Lobach, afirmou que o país ocupa um lugar especial na política externa russa, pois é um Estado que se tem desenvolvido de forma progressiva em vários domínios.
Dmitri Lobach, que discursava em Luanda, durante a comemoração do “Dia do Diplomata Russo”, assinalado a 10 de Fevereiro, realçou que, nos últimos anos, a política externa russa tem prestado mais atenção ao desenvolvimento das relações com os países do continente africano.
Angola, disse o diplomata, tem-se desenvolvido de forma estável e progressiva, tornando-se cada vez mais participante na busca de soluções pacíficas dos conflitos regionais ainda existentes. Por isso, ocupa um lugar especial na política externa russa.
“A Rússia e Angola estão ligadas por relações de amizade desde os anos da luta do povo angolano pela independência, mas nos últimos anos a cooperação entre os dois países é marcada pelo dinamismo, abrangendo várias esferas das relações inter-estatais”, sublinhou o embaixador russo. O diplomata russo, que foi acreditado na quinta-feira pelo Chefe de Estado angolano, referiu que pretende trabalhar activamente em prol do desenvolvimento da cooperação bilateral em vários domínios, destacando a economia, comércio, finanças, investimentos, ciência e tecnologia, sem esquecer o diálogo político.
Estiveram presentes na cerimónia do “Dia do Diplomata Russo”, que decorreu na residência do embaixador daquele país acreditado em Angola, membros do Executivo angolano e deputados.

(jornaldeaangola.com)

DEIXE UMA RESPOSTA