Participação nas eleições de Itália abaixo do escrutínio de 2008

pn0520110212O primeiro dia de eleições legislativas em Itália contou com uma afluência às urnas de 46,8 por cento dos eleitores, ligeiramente inferior à votação de 2008, de acordo com os últimos dados divulgados.

O dia ficou marcado pelo protesto de três feministas despidas contra o antigo primeiro-ministro Silvio Berlusconi, e pela neve que caiu, sobretudo no norte.

Os últimos dados da afluência, referentes às 19:00 (18:00 em Lisboa), apontavam para uma participação de 46,8 por cento, cerca de dois pontos percentuais abaixo da votação de 2008.

Na corrida para primeiro-ministro seguem o líder do Partido Democrata (PD, centro-esquerda), Pier Luigi Bersani, de esquerda, considerado o favorito, Silvio Berlusconi (centro-direita) e Mario Monti, que concorre com a lista Eleição Cívica, coligada com a União dos Democratas Cristãos, de Pierferdinando Cassini, e Futuro e Liberdade, de Gianfranco Fini. Ler mais

(ionline.pt)

DEIXE UMA RESPOSTA