O bom humor do ministro

20130225115758prAo conversar descontraidamente com jornalistas, depois de ter sido recebido em audiência pelo Presidente José Eduardo dos Santos, o ministro da Defesa brasileiro, Celso Amorim, deu, uma vez mais, mostras do seu bom humor. Ao ser questionado sobre se não preferia ser ministro das Relações Exteriores, cargo que ocupou no Governo de Lula da Silva , Celso Amorim declarou: “Quando era ministro das Relações Exteriores tinha de ser guerreiro, e agora, como ministro da Defesa, tenho de ser um diplomata”. O ministro esteve em Angola em visita de trabalho, a convite do seu homólogo angolano, Cândido Pereira Van-Dúnem, e foi portador de uma mensagem da Presidente Dilma Rousseff para o Chefe de Estado angolano. Gente apreciou a conversa e conta com mais visitas do diplomata a Angola.

(jornaldeangola.com)

DEIXE UMA RESPOSTA