IRS: entregas em papel arrancam já na sexta-feira

Portugal TelecomA partir de sexta-feira, os contribuintes que em 2012 tiveram rendimentos exclusivamente gerados por trabalho dependente ou por pensões, podem começar a entregar a sua declaração de IRS, se pretenderem faze-lo em papel. O prazo decorre até ao final de março, data em que arrancam então as entregas pela Internet destes rendimentos.
Desta vez, o acerto de contas anual deverá resultar num reembolso mais pequeno do que o recebido em anos anteriores porque os agregados cujos rendimentos coletáveis ultrapassem os 7410 euros anuais, vão ter um limite global no conjunto de deduções que até aqui operavam sozinhas.
Ou seja, por mais faturas que se juntem relacionadas com saúde ou educação e ainda o empréstimo da casa, não será possível abater ao IRS mais do que um máximo de 1250 euros – e esta é a versão mais generosa, já que o teto máximo possível baixa para os 1100 euros se o rendimento anual se situar entre os 61 mil e os 66 mil euros. Ler mais

(dinheirovivo.pt)

DEIXE UMA RESPOSTA