CASA-CE propõe-se a colaborar com o Executivo

Bandeira CASAA Convergência Ampla de Salvação de Angola-Coligação Eleitoral (CASA-CE) propõe-se a colaborar com o Executivo e contribuir, de forma positiva, para o êxito do programa de melhoria socio-económica da população.

A garantia foi dada pela sua deputada Odeth Ludovina Baca, durante uma conferência de imprensa realizada ontem (segunda-feira), na cidade de Ondjiva.

Disse que a organização trabalhará estreitamente com o governo, visando contribuir para o sucesso dos vários programas do Executivo angolano.

Sublinhou que esta tarefa consubstancia duas vertentes, mormente a participação nos debates dos vários projectos legislativos, a serem apresentados à Assembleia Nacional, assim como na missão de fiscalizar o exercício governativo.

Odeth Baca prometeu que o seu Grupo procurará agir como verdadeiro representante da população, em defesa dos interesses mais nobres dos cidadãos.

Entretanto, no final de semana, a conferência provincial do Cunene preparatória do seu primeiro congresso, convocado para Abril próximo, elegeu 17 delegados.

O secretário local da coligação, Flávio Octaviano Nelau, na conferência de imprensa, sublinhou a importância da realização do conclave, pois permitiu debruçar-se sobre a vida do partido, sua organização e perspectivas futuras, tendo em vista os desafios vindouros.

Informou que o encontro juntou 80 delegados, dos seis municípios da província, que analisaram questões ligadas ao nível de implementação, formulação da identidade político-ideológica e funcionamento das suas estruturas na província, entre outros assuntos de interesse.

A viabilidade política da transformação desta coligação em partido político, a eleição, no I Congresso Extraordinário, do presidente da formação política e a introdução de alterações aos Estatutos, a submeter a reunião magna, inscreveram igualmente a agenda da conferência provincial.

A Convergência Ampla de Salvação de Angola-Coligação Eleitoral apresentou-se formalmente em Março de 2012, concorreu as eleições gerais de 31 Agosto do mesmo ano, tendo conseguido fazer eleger oito deputados ao Parlamento. Tem como líder Abel Chivukuvuku.

(portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA