BRASIL TINHA ACORDO COM VATICANO PARA ACALMAR CATÓLICOS

lulaESTRATÉGIA SERIA TRANQUILIZAR CATÓLICOS DIANTE DA APROXIMAÇÃO DO PT COM GRUPOS EVANGÉLICOS.

O acordo que rege as relações entre o Vaticano e o Brasil, conhecido como concordata, teria sido feito entre o governo de Luiz Inácio Lula da Silva e o papa Bento XVI por motivos eleitoreiros e também como uma estratégia do PT para “acalmar os católicos”, diante de sua aproximação com grupos evangélicos. Hoje, o tratado é alvo de uma ação no Supremo Tribunal Federal por inconstitucionalidade.

A sinalização dessa intenção teria sido feita pelo vereador José Américo (PT), atual presidente da Câmara Municipal de São Paulo, em uma conversa colhida por diplomatas americanos sobre o “difícil equilíbrio” que o PT tem sido obrigado a promover na busca pelo apoio de evangélicos e de católicos.

Essas informações constam de um telegrama enviado pelo Consulado-Geral dos Estados Unidos em São Paulo a Washington no dia 9 de novembro de 2009. Esse documento é um dos mais de 130 telegramas vazados pelo site WikiLeaks e obtidos com exclusividade pelo jornal O Estado de S. Paulo. Ler mais

(globo.com)

DEIXE UMA RESPOSTA