Angola organiza apresentação do processo eleitoral no Zimbabwe

zimbabue brHarare – O processo eleitoral do Zimbabwe, com especial incidência para o referendo à nova constituição, marcado para o dia 16 de Marco, foi hoje apresentado em Harare, numa cerimónia organizada pela Embaixada de Angola naquele país.

Na actividade, o ministro da Justiça do Zimbabwe, Patrick Chinamasa, passou em revista os passos dados para a realização do referendo sobre o texto da futura constituição e pormenorizou o que será feito para a condução das eleições, provavelmente, em Julho deste ano.

Perante os embaixadores dos países da SADAC no Zimbabwe, Patrick Chinamasa expressou a sua confiança de que a futura constituição do país será mesmo aprovada no referendo popular e sublinhou que esse será um passo decisivo para a concretização de todo o processo eleitoral.

Depois de responder a diversas questões, o ministro disse que o seu país conta com o apoio da SADC de modo a facilitar que todo o processo eleitoral decorra sem sobressaltos.

Os partidos políticos envolvidos no processo de preparação das eleições chegaram já a um acordo no que respeita a um projecto para a nova constituição que será referendada no dia 16 de Marco, seguindo depois o texto para aprovação a nível do Parlamento.

Com base nessa nova constituição, serão adoptadas algumas emendas à lei eleitoral em vigor no país que marcarão as regras da realização das eleições previstas para Julho, decorrendo, já com a nova legislação em vigor, o processo de registo eleitoral.

Segundo disse recentemente o ministro das Finanças do Zimbabwe, Tendai Biti, o país precisa de 200 milhões de dólares para que possa concretizar todo o processo eleitoral. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA