Angola anuncia intenção de se estrear na emissão de títulos de dívida externa

Jose-Eduardo-dos-Santos-PR-Angola-2012Angola vai estrear-se este ano na emissão de títulos de dívida, no valor de mil milhões de dólares (cerca de 750 milhões de euros), segundo um comunicado enviado à Lusa pelos Serviços de Apoio da Presidência da República.

A emissão consta do Plano de Endividamento para 2013, apresentado na reunião da Comissão Económica do Conselho de Ministros, realizada na quinta-feira em Luanda e presidida por José Eduardo dos Santos.

O Plano de Endividamento para 2013 contempla ainda emissões de Obrigações do Tesouro na moeda nacional (kwanzas), para capitalização do Banco Nacional de Angola, com títulos a 20 anos e sem aplicação de juros de cupão, no montante de 380 milhões de euros.

“O plano prevê a emissão de títulos da dívida soberanos, denominados eurobonds, no montante de mil milhões de dólares americanos (cerca de 750 milhões de euros), para além do recurso às tradicionais linhas de crédito à exportação disponíveis para os projectos de investimento público”, lê-se no comunicado.

Segundo a agência Reuters, uma primeira emissão de eurobonds (obrigações, títulos de crédito, emitidos em moeda diferente da moeda do emissor, num país diferente do seu), no valor de 3 mil milhões de euros, chegou a estar prevista para 2009, mas foi adiada, devido à queda dos preços do barril de petróleo.

O resultado desta queda foi a diminuição das reservas de divisas, que obrigaram Angola a solicitar assistência financeira ao Fundo Monetário Internacional (FMI). Outra emissão de eurobonds, planeada para 2011, no valor de 380 milhões de euros, foi também deixada cair.

(lusa.pt)

DEIXE UMA RESPOSTA