Ler Agora:
Mais autocarros para a Muxima
Artigo completo 2 minutos de leitura

Mais autocarros para a Muxima

O Governo Provincial de Luanda vai aumentar a frequência dos autocarros para a vila da Muxima, para facilitar a deslocação de peregrinos ao Santuário de Nossa Senhora da Conceição.
O director provincial de Luanda da área de Trânsito e Mobilidade, Jorge Bengue, disse na terça-feira à Angop que o número de autocarros a circular vai aumentar antes, durante e depois da peregrinação à Muxima, dias 4 e 5 de Agosto.
Além das empresas rodoviárias de transportes públicos, vão estar também envolvidos no programa de apoio à actividade religiosa os Caminhos-de-Ferro de Luanda (CF­L). O comboio vai deslocar-se do distrito urbano da Ingombota até à vila de Catete, município de Icolo e Bengo, enquanto os autocarros vão estar disponíveis ao público em postos montados em vários pontos da cidade de Luanda.
No local da peregrinação há três pontos para estacionamento de viaturas, com capacidade para mais de 700 veículos.
A organização do evento espera, para a peregrinação deste ano ao Santuário da Muxima, mais de 500 mil peregrinos.

Bombeiros em acção

O Serviço de Bombeiros instalou, na segunda-feira, um posto de comando avançado na Muxima, que vai funcionar até ao fim da peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora da Conceição, que se realiza de 4 a 5 de Agosto.
O porta-voz da corporação disse, à Angop, que foram dadas ordens para a criação de condições que permitam a concentração no local de um maior número de efectivos e meios técnicos. Faustino Sebastião afirmou que estão a ser criadas condições para a melhoria do serviço durante os festejos e desenvolvido “um trabalho profiláctico” junto da população local sobre os cuidados a ter com “as fontes de iluminação e a travessia do rio Kwanza”.
A vila da Muxima, localizada  no município da Quissama, existe desde os primórdios da ocupação portuguesa, no século XV. A imagem de Nossa Senhora da Conceição, mais conhecida por Nossa Senhora da Muxima, é das mais veneradas em Angola e a de maior devoção popular desde 1833.
A Igreja de Nossa Senhora da Muxima foi fundada em 1599, por Baltazar Rebelo de Aragão, e elevada à categoria de monumento em 12 de Janeiro de 1924.

Fonte: JA

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »