Ler Agora:
EUA admitem combater al-Qaeda no Mali
Artigo completo 2 minutos de leitura

EUA admitem combater al-Qaeda no Mali

Um responsável norte-americano disse na quinta-feira que os EUA estão a ponderar opções desde a assistência militar ao ataque directo, para enfrentar a crescente presença da Al-Qaeda no Mali, noticiou a AP.

O subsecretário da Defesa para as Operações Especiais, Michael Sheehan, disse que os Estados Unidos querem primeiro encontrar uma forma de trabalhar com o Governo de Bamako para combater os grupos armados que controlam o norte do Mali.

A Al-Qaeda do Magrebe Islâmico (AQMI) aproveitou a instabilidade no Mali, depois de um golpe de Estado em Abril, para se apoderar de áreas na região norte do país.
Os líderes da Junta Militar autora do golpe devolveu o poder a um governo interino, mas continuam a ter influência.

Os militares do Mali disseram na quinta-feira que receberiam bem uma força de intervenção militar dos países da África Ocidental para ajudar a recuperar o norte, no que foi a primeira indicação de que os líderes do golpe aceitam uma intervenção externa.

Após o golpe militar de 22 de Março em Bamako, que derrubou o regime do Presidente Amadou Toumani Touré, a imensa região desértica do norte do Mali passou a ser controlada por movimentos armados que não encontraram qualquer resistência por parte do Exército do Mali, em desagregação.

Os rebeldes tuaregues do Movimento Nacional de Libertação de Azawad (MNLA) foram dos primeiros a controlar regiões no norte do Mali, sendo posteriormente suplantados no terreno pelos fundamentalistas islâmicos de Ansar Dine, da Al-Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) e do Movimento pela Unicidade e a Jihad na África Ocidental (Mujao).

O Mujao infligiu a 27 de Junho uma pesada derrota aos independentistas do MNLA no norte do Mali, obrigando-os a abandonar o seu quartel-general em Gao após violentos combates, que provocaram pelo menos duas dezenas de mortos.

Fonte: RM

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »