Publicado em: Sex, Jun 8th, 2012

Médicos cubanos integrados hoje em Luanda

Os hospitais de Cacuaco, Cazenga e Viana receberam hoje, cada um, o reforço de 20 médicos cubanos, especialistas em pediatria, ginecologia e obstetrícia, cirúrgia, ortopedia, oftalmologia e estomatologia.

Segundo as autoridades de saúde da capital angolana, estes médicos vêm suprir algumas lacunas ao nível do correto manuseamento e optimização de equipamento tecnológico de ponta.

Estes hospitais vão ainda receber em Julho o reforço de 173 médicos nacionais, que estão a ser recrutados por concurso.

Médicos cubanos serão mais-valia – vice-governador

O vice-governador da província de Luanda para Área Comunitária, Adriano Mendes de Carvalho, afirmou hoje, em Luanda, que a vinda de mais 60 médicos cubanos para o país é uma mais-valia para o sector da saúde, pois ajudará a reduzir a mortalidade infantil na capital e no resto do país.

Em declarações à imprensa, no final da cerimónia de apresentação de 20 médicos cubanos, no município do Cazenga, referiu que este acto é o reflexo da aposta do Executivo Angolano.

O governante reconheceu que a falta de médicos é notória em todo o país e, com estes especialistas acabados de chegar, o executivo vai poder combater com mais rigor a mortalidade.

“Esse é um dos objectivo executivo – melhorar as condições de vida das população em todo pais, no concernente à saúde, educação e noutras áreas”, expressou.

Para si, estes médicos são um reforço para o sector, porquanto vão ajudar a desanuviar os hospitais de referência, uma vez que o Hospital Municipal do Cazenga está totalmente equipado com material modernos.

Por seu turno, o administrador municipal do Cazenga, Victor Nataniel Narciso, disse que a vinda dos profissionais cubanos vai descongestionar o Hospital dos Cajueiros e outros abertos naquela municipalidade.

Sublinhou que uma das metas do executivo é colocar os serviços de saúde dentro das periferias das cidades.

Já Rosa Massocolo, delegada provincial de Saúde, afirmou que vão partilhar com o Hospital dos Cajueiros e centros de saúde deste município, com vista a minimizar as dificuldades dos munícipes do Cazenga e vice-versa.

Questionada sobre a permanência dos médicos, referiu que o contrato inicial é de dois anos, podendo ser renovado.

Este acto de apresentação de médicos cubanos vai acontecer também nos municípios de Cacuaco e Viana.

O Hospital Municipal do Cazenga conta com banco de urgência, área para consultas externas, pediatria com capacidade para 20 camas, dois blocos operatórios, maternidade, morgue, incineradora, sector administrativo, parque, sala de reanimação, berçário, estomatologia, sala de parto e pré-parto, estacionamento e outras.

Inaugurado a 10 de Maio do corrente ano, pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, localiza-se no bairro Calawenda, em Luanda. Ocupa uma superfície de três mil e 900 metros quadrados e tem capacidade para 75 camas.

Assistiram ao acto o vice-governador de Luanda para área comunitária, Adriano Mendes de Carvalho, administrador do Município do Cazenga, Victor Nataniel Narciso, a delegada provincial de Saúde, Rosa Massocolo, e outras entidades convidadas.

FONTES: A Bola / Angop

Deixe um comentário

XHTML: Pode usar estas tags de html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

mirc indir mirc yukle - escort - mirc indir - sohbet -
Crónicas


Arquivo

Portal de Angola - Todos os direitos Reservados

Médicos cubanos integrados hoje em Luanda