Seis mil bolsas de estudo internas

De acordo com o director do INABE, Jesus Baptista, as prioridades vão para os cursos de Ciências e Engenharia com 1500 vagas, Tecnologia com 1200, Ciências Sociais com 900, Letras com 300 e Humanidades com 600.

O INABE criou um site (www.inabe.gov.ao) no qual os candidatos poderão fazer as suas inscrições. Por causa do fraco aproveitamento de alguns dos bolseiros, de 5 de Março a 30 de Abril decorrerá um processo de renovação de bolsas internas, na qual as instituições do ensino superior que tenham bolseiros informarão ao INABE acerca da situação académica destes estudantes. Os beneficiários em regime de protecção especial (antigos combatentes e familiares e deficientes de guerra e seus descendentes) deverão apresentar o documento que confirme a sua condição social.

Bolsas para França

Enquanto isso, 40 bolsas de estudos para França serão disponibilizadas, a partir de Julho deste ano, para estudantes angolanos, através de um programa conjunto entre o Ministério do Ensino Superior, da Ciência e da Tecnologia, Instituto Nacional de Bolsas de Estudos (INABE) e embaixada francesa. Os bolseiros serão integrados na rede dos Institutos Universitários de Tecnologia (IUT), composta por 115 estabelecimentos de ensino superior, implementados em todo território francês. Após uma primeira fase de pré-selecção feita pelo INABE, foram aprovados 100 candidatos que serão ainda submetidos a testes escritos de matemática, física e química. Os candidatos serão avaliados com provas de francês e inglês, para permitir calcular os seus níveis linguísticos.

Este programa vai reforçar o plano de ofertas de bolsas de estudos disponibilizadas anualmente pelo Executivo angolano, assim como estreitar ainda mais as relações de cooperação bilaterais entre Angola e França, no domínio do ensino superior. Entretanto 17 estudantes já beneficiam do programa desde 2011.

Quanto às bolsas agrárias, cerca de seis mil estudantes matriculados em vários Institutos médios de Agronomia poderão beneficiar de bolsas de estudo para formação superior em universidades de Angola e no estrangeiro. Segundo o viceministro da agricultura para área florestal, André de Sousa Moda, o sistema de bolsas de estudo será implementado por via da selecção de estudantes dos vários institutos médios agrários existentes. Terão preferência os estudantes com bom domínio da Matemática, Química, Biologia e que se destaquem nos trabalhos práticos, sendo exigida a média mínima de 12 valores.

Bolsas internas em todo o país.

Números por províncias

Bengo 240 bolsas; Benguela 480; Bié 360; Cunene 360; Cabinda 360;Huambo300; Huíla 480; Kuando-Kubango 360; Kwanza-Norte 180; Kwanza-Sul 180; Luanda 1080; Lunda-Norte 120; Lunda-Sul 120; Malanje 480; Moxico 240; Namibe 120; Uíge 180; Zaire 360.

37 COMENTÁRIOS

  1. Olá, eu sou estudante universitaria de engenharia civil ( jean piaget), como muitos tambem quero me candidatar para bolsa interna
    Tenho uma irmã que finalisou o médio este ano e quer se candidatar para bolsa para frança ( curso: ciencia social ou contabilidade e gestão.
    Nós gostariamos de saber quais são os requisitos necessário.

  2. olá eu sou Tânia salvador sou estudante de direito na universidade Jean Piaget gostaria muito que me ajudassem porque eu estou no terceiro ano tenho passado mtas dificuldades no pagamento porque os meus pais nao têm como me ajudar eu tenho escrevido ja muitas vezes mas nunca me respondem eu quero terminar a minha formação entao por favor ajudem-me por favor gostaria de saber quais são os requesitos ou o que devo fazer

  3. SOU ESTUDANTE GESTAO DE EMPRESAS NA UNIVERSIDADE LUSÍADAS EM CABINDA PRECISO ME CANDIDATAR PARA A BOLSA INTERNA DA INABE

  4. ola…boa tarde,sou estudante do primeiro ano n curso de Gestao de Empresa n Universidade Lusiadas de Cabinda preciso me canditar se pra adqurir uma bolsa de estudo Enterno…preciso da vossa ajuda.sob n.11168210 estudante. obrgdo!!

  5. sou antigo combatente protegido no regime especial e nao consigo uma bolsa interna para terminar o meu curso de direito.Estou a frequentar o terceiro ano na universidade tecnica de Angola nao tenho mais condiçoes continuar a pagar porpinas . quero me inscrever mais uma vez neste para oter uma bolsa mas o vosso sit nao esta disponivel . posso levar pessoalmente os meus documentos para me inscreve;

  6. Ola boa noite, sou Jose Jamba Mussolovela, sou estudante do II ANO do curso de Medicina na Universidade Jose Eduardo dos Santos no HUAMBO, sou filho de pais camponeses, nao trabalho nao tenho condicoes para prosseguir com os meus estudos, penso favor a direccao do Instituto Nacional de Gestao de bolsas internas que me ajudem estou sem nenhum apoio finaceiro, nas condicoes em me encontro duvido muito se vou terminar o ano lectivo, o meu numero do B.I 003739862HA032 ja entreguei a minha documentacao na Instituicao de Ensino Superior ( FACULDADE DE MEDICINA NA PROVINCIA DO HUAMBO) meu pai esta com saude debilitada e antigo campatente, esta tudo complicado para mim nao tenho formas ajudem-me por favor preciso terminar o curso… tel 931190444 espero a vossa resposta por favor. Obrigado que vos abencoe

  7. boa tarde caros elustres eu sou estudante do curso tecnico de Ambiente e Controlo de Qualidade falando serio preciso continuar cm este curso na universidade mas n tenho cmo porq na ha possibilidades para pagar na privada o meu pai foi da FAPLA hoje o que ele ganha na fiscalizacao nao da pra me assumir a fau por isso preciso da vossa ajuda necessito uma bolsa de estudo seja ela interna ou externa nao existe opção por favor ficarei a espera de um sinal vosso para ja este é o meu contacto 947114585 de momento resido em cabinda

  8. boa tarde direção do inabe sou o kualu estudante do 1º ano do ensino superior do ISCISA-LUANDA,venho por intermédio desta informar que. “POR FALTA DE CONDIÇÕES FINANCEIRAS PRECISO DE APOIO DA VOSSA PARTE . VIVO EM CACUACO E ESTUDO NO MORRO BENTO, ESTÁ ,MUITO DIFÍCIL PARA MIM CONSEGUIR TERMINAR, NECESSITO MESMO DE UMA BOLSA DE ESTUDO INTERNA OU EXTERNA, SE FOR DO VOSSO AGRADO ESTA MINHA SITUAÇÃO POSSAM ME RESPONDER POR ESTE TERMINAL 928974024 e email. kualo1056@gmail.com OU KUALO10@HOTMAIL.COM

  9. Boa tarde , sou a Maria De Fátima tenho 22 anos de idade tenho o ensino médio concluido, mais devido a carencia de condiçoes , estou parada este ano .
    porque a minha mae nao tem mais condiçoes para sustentar os meus estudos
    o meu trabalho nao compeça , ganho 20 mil kuanzas e pago a mensalidade dos meus irmaos
    preciso da vossa ajuda para terminar com os meus estudos
    preciso mesmo de uma bolsa de estudo sendo externa ou interna,
    agradeceria por toda vida
    se por uma razao poderem me contactar este é o meu contacto 937 240 522 ou pelo email nuchasachiambo@yahoo.com ou albertokiala2014@gmail.com

  10. olá eu sou o virgílio dos santos culivela tenho 18 anos de idade e terminei o ensino médio 2013 e não consigo ingressar a faculdade por meios financeiros por isso cá estou precisando do vosso auxilio para tal,vivo com a minha mãe e meu padrasto e a minha mãe é vendedora ambulante….. prec iso da vossa ajuda por favor (943824812)

  11. Ola. sou estudante de Direito na Universidade Gregório Semedo,pretendo concorrer numa bolsa.

  12. Sou Ngunza João Baptista tenho 22 anos, finalista do Instituto Médio Politecnico de Lândana em Cabinda do ano lectivo 2014 tenho a média final 15, necessito do vosso apoio para mim puder aderir a bolsa de estudo por falta dos meios financeiros não consigo sustentar os meus estudos, necessito do vosso apoio. Contacto: 949819278.

  13. Saudações
    Sou Joaquim Dassala Bango, 25 anos de idade,
    Estado Civil casado
    Pai de 2 fihos
    Resendencia: Huambo
    Frequento o 1º Ano, no Curso de Direito, da Universidade José Eduardo Dos Santos, Perido Pó-Laboral, Desejo Prosseguir os Estudos, Porém Necessidades Financeiras tem Vindo a Impedir o Bom andamento da Formação visto que sou Desempregado e chefe de familia. Assim sendo Peço Carecidamente a Comissão encarregue pela Selecção do INABE a Cedência de Uma Bolsa Interna. Obrigado
    Pelo que: Espero Deferimento
    Contacto: 930937074

  14. ola, quero saber o que que tenho que fazer, para adquirir uma bolsa interna ou externa, se ouver uma candidatura liguem por este contacto:925334284

  15. Ao
    Exmo. Senhor Director Geral do INAGB

    Assunto: Solicitação de bolsa interna para continuação dos estudos

    Cordiais saudações.

    Marco Quifucussa Cassule, de 23 anos de idade natural de Viana, solteiro, residente na vila de Viana. Estudante do 1º ano da Universidade Agostinho Neto (ISCISA) no curso de Análises Clínica e Saúde Pública.

    Em 2014 ingressou no Instituto Superior de Ciências da Saúde da Universidade Agostinho Neto, aonde começou a frequentar o curso de Análises Clínica e Saúde Pública, por motivos inerente as dificuldades financeira no que resultara em muitas faltas, por isso esteve sujeito a não cursar em algumas disciplinas porque nem sempre ostentava 700kz diariamente para se deslocar de sua casa à Universidade no que levou-lhe a repetir o ano.

    Atualmente continua frequentando a Universidade apesar das dificuldades de transporte. Razão pelo qual levou-lhe a inscrever-se pela 1º vês neste ano com o objectivo de anglariar uma bolsa interna mas o mesmo infelizmente não foi seleccionado.

    Manifestando o desejo deformação em prol do desenvolvimento colectivo e humano, exercendo por herança a liderança de um agregado familiar de 10 indivíduos, sendo 04 junto a si, e enfrentado porem inúmeras dificuldades visto que o que lhe garantia tal sustentabilidade ausenta-se.

    Manifesta esse desejo dirigindo-se por meio deste a V.Excia. Para uma bolsa interna, Jurando contribuir no que for preciso para este apoio, como prestação de serviço a vossa Instituição após conclusão do curso e outras vantagens que V.Excia e a instituição que dirige podem aproveitar.

    Pelo que,
    Espera deferimento.

    Luanda, aos 23 de Setembro de 2015-08-05

    O requerente
    _________________________

    Contactos: 946 84 61 43/ 938 46 59 85

  16. Luísa Stella Caiombo

    Assunto: reclamação

    Sou estudante Universitária da Escola Superior Politécnica do Moxico, bolseira desde o ano 2013, como normal tem se feito confirmação dos bolseiros em cada início do ano lectivo, para se poder manter o controlo dos bolseiros e merecedores das bolsas internas. feita a minha confirmação no ano corrente, não tive nenhum benefício a que cabe aos bolseiros, fiz a devida reclamação dando os documentos que comprovam que continuo estudando acompanhado com um estrato bancário, no mês de Setembro e até agora não tem nenhuma resposta.

    Espero um deferimento.

  17. Olá boa noite por favor vos imploro por Deus eu só um pobre rapaz preciso de uma bolsa para me formar e ajudar a minha mãe e os meus irmãos de rua por favor ajudem-me

DEIXE UMA RESPOSTA