Publicado em: Qua, Abr 11th, 2012

Seis mil bolsas de estudo internas

De acordo com o director do INABE, Jesus Baptista, as prioridades vão para os cursos de Ciências e Engenharia com 1500 vagas, Tecnologia com 1200, Ciências Sociais com 900, Letras com 300 e Humanidades com 600.

O INABE criou um site (www.inabe.gov.ao) no qual os candidatos poderão fazer as suas inscrições. Por causa do fraco aproveitamento de alguns dos bolseiros, de 5 de Março a 30 de Abril decorrerá um processo de renovação de bolsas internas, na qual as instituições do ensino superior que tenham bolseiros informarão ao INABE acerca da situação académica destes estudantes. Os beneficiários em regime de protecção especial (antigos combatentes e familiares e deficientes de guerra e seus descendentes) deverão apresentar o documento que confirme a sua condição social.

Bolsas para França

Enquanto isso, 40 bolsas de estudos para França serão disponibilizadas, a partir de Julho deste ano, para estudantes angolanos, através de um programa conjunto entre o Ministério do Ensino Superior, da Ciência e da Tecnologia, Instituto Nacional de Bolsas de Estudos (INABE) e embaixada francesa. Os bolseiros serão integrados na rede dos Institutos Universitários de Tecnologia (IUT), composta por 115 estabelecimentos de ensino superior, implementados em todo território francês. Após uma primeira fase de pré-selecção feita pelo INABE, foram aprovados 100 candidatos que serão ainda submetidos a testes escritos de matemática, física e química. Os candidatos serão avaliados com provas de francês e inglês, para permitir calcular os seus níveis linguísticos.

Este programa vai reforçar o plano de ofertas de bolsas de estudos disponibilizadas anualmente pelo Executivo angolano, assim como estreitar ainda mais as relações de cooperação bilaterais entre Angola e França, no domínio do ensino superior. Entretanto 17 estudantes já beneficiam do programa desde 2011.

Quanto às bolsas agrárias, cerca de seis mil estudantes matriculados em vários Institutos médios de Agronomia poderão beneficiar de bolsas de estudo para formação superior em universidades de Angola e no estrangeiro. Segundo o viceministro da agricultura para área florestal, André de Sousa Moda, o sistema de bolsas de estudo será implementado por via da selecção de estudantes dos vários institutos médios agrários existentes. Terão preferência os estudantes com bom domínio da Matemática, Química, Biologia e que se destaquem nos trabalhos práticos, sendo exigida a média mínima de 12 valores.

Bolsas internas em todo o país.

Números por províncias

Bengo 240 bolsas; Benguela 480; Bié 360; Cunene 360; Cabinda 360;Huambo300; Huíla 480; Kuando-Kubango 360; Kwanza-Norte 180; Kwanza-Sul 180; Luanda 1080; Lunda-Norte 120; Lunda-Sul 120; Malanje 480; Moxico 240; Namibe 120; Uíge 180; Zaire 360.

Displaying 8 Comments
Have Your Say
  1. Olá, eu sou estudante universitaria de engenharia civil ( jean piaget), como muitos tambem quero me candidatar para bolsa interna
    Tenho uma irmã que finalisou o médio este ano e quer se candidatar para bolsa para frança ( curso: ciencia social ou contabilidade e gestão.
    Nós gostariamos de saber quais são os requisitos necessário.

  2. sou estudante do curso de biologia da universidade Agostinho neto
    (ISCED-LUBANGO) quero me candidatar a uma bolsa interna.

  3. sou Estudante da universidade Mandume Ya Ndemufayo, quero me candidatar a uma bolsa de estudo.

  4. Sou Estudante Universitário gostaria ter acesso a ficha de inscricão, para candidaturas à bolsas internas…

  5. sou Estudante da universidade Mandume Ya Ndemufayo, quero me candidatar a uma bolsa de estudo interna.

  6. olá eu sou Tânia salvador sou estudante de direito na universidade Jean Piaget gostaria muito que me ajudassem porque eu estou no terceiro ano tenho passado mtas dificuldades no pagamento porque os meus pais nao têm como me ajudar eu tenho escrevido ja muitas vezes mas nunca me respondem eu quero terminar a minha formação entao por favor ajudem-me por favor gostaria de saber quais são os requesitos ou o que devo fazer

  7. CLARA BUITI CUNHEMI diz:

    SOU ESTUDANTE GESTAO DE EMPRESAS NA UNIVERSIDADE LUSÍADAS EM CABINDA PRECISO ME CANDIDATAR PARA A BOLSA INTERNA DA INABE

  8. Dar bolsa é difícil,pois as vezes damos a quem não precisa

Deixe um comentário

XHTML: Pode usar estas tags de html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

mirc indir mirc yukle - escort - mirc indir - sohbet -
Crónicas


Arquivo

Portal de Angola - Todos os direitos Reservados

Seis mil bolsas de estudo internas