Visita a Angola foi considerada muito profícua

Chefe da diplomacia Georges Chikoti
Chefe da diplomacia Georges Chikoti

O ministro das Relações Exteriores considerou, ontem, em Luanda, “bastante proveitosa e de grande sucesso” a visita do primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, ao país.
Georges Chikoti, que falava à imprensa, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, após apresentar cumprimentos de despedida ao primeiro-ministro português, disse que os resultados da visita ultrapassaram as expectativas.
A visita, sublinhou, serviu para o relançamento da cooperação estratégica com Portugal, num “momento muito particular, em que aquele país europeu passa por uma crise económica e Angola se encontra em crescimento”.
“Portugal precisa de sentir este calor e solidariedade de Angola neste momento particular e penso que isso ficou demonstrado durante a visita”, referiu.
A visita do primeiro-ministro português, insistiu, demonstrou “de forma inequívoca” a vontade dos dois países reforçarem os laços que os unem. Georges Chikoti mencionou o facto de muitos angolanos estarem a investir em Portugal e vice-versa como um sinal do incremento desses laços.
“O recente acordo assinado entre os dois países no sentido de agilizarem a concessão de vistos é outro aspecto que demonstra o bom momento da cooperação bilateral”, disse o ministro.
“Pedro Passos está há poucos meses no seu mandato, mas já conseguiu marcar um ponto importante, tendo escolhido a cooperação com Angola como uma das suas principais prioridades”, declarou o ministro das Relações Exteriores.

 

 

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA