Vencedores recebem troféus em noite de gala

Fernando da Piedade Dias dos Santos e Rosa Cruz e Silva posam para posteridade com os vencedores - Fotografia: João Gomes
Fernando da Piedade Dias dos Santos e Rosa Cruz e Silva posam para posteridade com os vencedores - Fotografia: João Gomes

Os vencedores do Prémio Nacional de Cultura e Arte 2011 receberam quinta-feira à noite, durante uma gala, os seus troféus. O Vice-Presidente da República, Fernando da Piedade Dias dos Santos, foi a

presença mais notável da cerimónia. A escritora Maria Eugénia Neto recebeu um prémio pela sua contribuição para a divulgação da literatura infanto-juvenil. João Morgado (“Joãozinho dos Tambores”) foi distinguido pelo trabalho em prol da música angolana. A categoria de cinema e Audiovisuais foi ganha por Tomás Ferreira. No campo da pintura, Mendes Ribeiro arrebatou o prémio pelo valor artístico das suas obras. O Ballet Tradicional Kilandukilu, o grupo de teatro Vozes D´África e o investigador Vladimiro Fortuna viram também as suas carreiras compensadas pelo trabalho que têm desempenhado nos seus diferentes ramos de actividade. Os vencedores receberam diplomas e estatuetas.

A escritora Maria Eugénia Neto, à semelhança do que fez na União dos Escritores Angolanos (UEA), quando foi homenageada pelos seus pares, voltou a recomendar no Club Palmeirinhas que as crianças e os jovens adquiram hábitos de leitura. “Não basta só os escritores escreverem. É preciso que os jovens e crianças, particularmente, leiam mais conteúdos nacionais, como forma de conhecerem melhor a história de Angola e dos seus fazedores”. No mesmo âmbito, o Ministério da Cultura homenageou a título póstumo o etnólogo e musicólogo Jorge Macedo pela contribuição ao estudo e valorização da marimba. A filha do malogrado, Té Macedo, que foi uma das intérpretes convidadas a participar na gala, tocou marimba e deu uma clara demonstração de que o legado do seu pai já está a servir as novas gerações. A gala de entrega dos troféus da 11ª edição do Prémio Nacional de Cultura e Arte 2011 contou com a presença da ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, e de outras individualidades. Além de Té Macedo, Wiza, Canda, Vum Vum e Tiviné foram outros músicos que prestigiaram a noite de gala.

Fonte: JA

DEIXE UMA RESPOSTA