Ler Agora:
Tribunal de Paris autoriza extradição de Noriega ao Panamá
Artigo completo 2 minutos de leitura

Tribunal de Paris autoriza extradição de Noriega ao Panamá

O ex-ditador do Panamá, Manuel Noriega.

A justiça francesa aprovou, nesta quarta-feira, a extradição do ex-ditador do Panamá Manuel Antonio Noriega, de 77 anos, ao seu país. Ele ficou detido cerca de 22 anos em prisões dos Estados Unidos e da França, após quase sete anos no poder.

O último passo que faltava para Manuel Noriega ser extraditado era essa aprovação do Tribunal de Apelações de Paris, que já tinha recebido uma autorização da justiça norte-americana. O ex-ditador havia deixado os Estados Unidos no ano passado para cumprir pena de sete anos de reclusão na França por lavagem de dinheiro referente ao narcotráfico, no valor de 2,3 milhões de euros, cerca de 5,3 milhões de reais.

O governo do Panamá tinha feito o apelo para que o ex-ditador cumpra no seu próprio país penas de prisão de 20 anos – pelo assassinato de três opositores nos anos 80 – e seja julgado por outros crimes.

Na audiência, Noriega pediu para retornar ao Panamá “sem ódios e sem rancor”.

“Meu propósito é retornar ao Panamá e demonstrar minha inocência, pois aconteceram julgamentos na minha ausência, sem assistência jurídica”, declarou.

Noriega governou o Panamá com mão de ferro entre 1983 e 1989. No último ano, houve a intervenção americana no país.

 

Fonte: RFI

Fopto: REUTERS/Gary Hershorn

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »