Técnico Lito Vidigal com a prata da casa

Selecção Nacional de Honras começa a trabalhar
Selecção Nacional de Honras começa a trabalhar

A Selecção Nacional de Futebol de Honras concentra-se, no dia 1 de Dezembro (quinta-feira) às 7h30, no Departamento Técnico das Selecções Nacionais no Complexo da Cidadela, em Luanda, para a realização dos exames médicos na Clínica Sagrada Esperança, na Ilha do Cabo.
De acordo com uma fonte do Gabinete Técnico das Selecções Nacionais, os exames médicos terminam na sexta-feira, registando-se uma folga no sábado. Domingo, o grupo de trabalho segue para Cabinda, palco do estágio de 20 dias de preparação para o CAN, a disputar-se de 21 de Janeiro a 12 de Fevereiro, no Gabão e na Guiné Equatorial. Lito Vidigal divulga amanhã a convocatória dos atletas que jogam no Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão.
Em Cabinda, o combinado nacional disputa, no dia 14 de Dezembro, um jogo amistoso com a República Democrática do Congo (RDC), no estádio do Chiaze. Além deste desafio, a selecção tem mais dois amistosos com a Zâmbia, no Dundo, e Namíbia, no Lubango, nos dias 18 e 22 de Dezembro, respectivamente.
A Federação Angolana de Futebol (FAF) aguarda apenas pela confirmação da homóloga da RDC, para a realização da partida, enquanto as congéneres da Zâmbia e da Namíbia confirmaram recentemente.   No dia 5 de Dezembro, os Palancas Negras efectuam a primeira sessão de treino no estádio do Chiaze, em Cabinda, virada para a recuperação e o melhoramento da condição física e atlética do grupo de trabalho. Os Palancas seguem para o palco do Grupo B da Taça de África das Nações, em Malabo, capital da Guiné Equatorial, no dia 18 de Janeiro, depois de um estágio na cidade brasileira do Recife.
O Grupo B, de Angola, integra ainda as selecções do Burkina Faso, Costa do Marfim e Sudão. Na ronda inaugural, os Palancas jogam diante do Burkina Faso, no dia 22 de Janeiro de 2012.
Na segunda jornada da competição, a selecção mede forças com a similar do Sudão e encerra a primeira fase de grupos diante da Costa do Marfim.

António Cristóvão

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA