Sector petrolífero contribui com 13,4% no PIB

O ministro das Finanças, Carlos Lopes, assegurou hoje (terça-feira), em Luanda, que a contribuição do sector petrolífero do país no Produto Interno Bruto (PIB) para o próximo ano será de 13,4 porcento e o não petrolífero 12,5%. Segundo o governante, que falava na sessão da Assembleia Nacional que resultou na aprovação na generalidade da Proposta de Lei do Orçamento Geral do Estado (OGE), para 2012 estima-se uma taxa de crescimento do PIB na ordem dos 12,5 porcento.

Afirmou que no sector não petrolífero se espera que os diferentes segmentos da economia tenham taxas de crescimento positivas, com particular ênfase para os diamantes, energia, construção civil e agricultura. A proposta do Orçamento Geral do Estado para 2012 foi aprovada hoje (terça-feira) na generalidade por 148 votos a favor, nenhum voto contra e 24 abstenções. O OGE para 2012 prevê receitas e despesas em akz 4.420.483.285.532 (quatro triliões, quatrocentos e 20 mil milhões, quatrocentos e oitenta e três milhões, duzentos e oitenta e cinco mil e quinhentos e trinta e dois kwanza).

Fonte: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA