São Tomé e Príncipe pede adesão à Commonwealth

Emblema da Commonwealth
Emblema da Commonwealth

São Tomé e Príncipe poderá vir a ter um estatuto de membro observador da Commonwealth. O pedido foi formalizado pelo Ministro São-Tomense dos Negócios Estrangeiros na sua recente visita à Austrália.

Salvador Ramos pediu à Austrália que inclua São Tomé e Príncipe na lista dos países prioritários na ajuda multilateral. Para tal, a Austrália se disponibilizou a apoiar São Tomé e Príncipe nos próximos 5 anos em termos de ajuda alimentar. São Tomé e Príncipe vai ainda dispor nos próximos anos de um Centro de Excelência a ser financiado pela Austrália para -entre outros objectivos- acolher grandes eventos da região do Golfo da Guiné.

Por outro lado, devido à fraca capacidade de fiscalização da sua zona económica exclusiva, o país poderá beneficiar do apoio das Nações Unidas no combate à pirataria marítima, conforme anunciou Abu Mussá, enviado especial do Secretário-Geral da ONU durante os três dias de visita oficial que efectuou em São Tomé e Príncipe.

 

Fonte: RFI

Foto: Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA