Produção agrícola está a aumentar

Camponeses têm recebido vários apoios para aumentarem a produção no âmbito do programa de combate à fome
Camponeses têm recebido vários apoios para aumentarem a produção no âmbito do programa de combate à fome

A província de Malange registou, durante a campanha agrícola 2010/2011, um aumento considerável na produção diversa, afirmou quarta-feira, no município de Cacuso, o governador Boaventura Cardoso.
O governante, que falava na cerimónia de abertura da época agrícola 2011/2012, disse que o aumento se deve à regularidade das chuvas, ao longo deste ano.
Boaventura Cardoso salientou que, na campanha passada, foram obtidas mais de um milhão de toneladas de produtos agrícolas, com particular realce à cultura da mandioca. O governador de Malange revelou que 171 mil famílias camponesas vão estar envolvidas na campanha 2011/2012, prevendo-se atingir uma safra na ordem dos 4,5 milhões de toneladas de produtos do campo.
Aquele dirigente anunciou a criação de condições para o escoamento de produtos agrícolas, a intensificação do comércio rural e a reparação das vias do município de Cacuso, região potencialmente agrícola.
O governador disse estar ainda na forja o projecto de avicultura, que contempla os municípios de Cacuso e Caculama. O mesmo vai contar com quatro naves com capacidade para 5.000 aves cada.
Boaventura Cardoso destacou, igualmente, as obras de construção de uma quarentena, visando o controlo de animais saídos de outras regiões do país, por falta de sanidade e de requisitos médicos, para evitar a propagação de doenças à fauna da região.

Apelo ao reembolso do crédito agrícola

O governador Boaventura Cardoso apelou às famílias camponesas que receberam o crédito agrícola de campanha a efectuarem o reembolso junto dos bancos, para que outros também possam beneficiar do programa.
Disse que até agora apenas a Associação “24 de Março” e algumas cooperativas pagaram o empréstimo, avaliado em 5.000 dólares e com juro de cinco por cento.
“O facto tem criado dificuldades às unidades bancárias na expansão do programa de crédito aos restantes municípios que compõem a província de Malange”, disse o governador Boaventura Cardoso.
Durante o ano passado, saliente-se, foi disponibilizado um montante de 119 milhões de kwanzas para o crédito de campanha, que abrangeu apenas o município sede, Calandula, Caculama e Cangandala. Os camponeses receberam apoios em sementes, fertilizantes  e instrumentos de trabalho.

Venâncio Victor| Malanje

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Pedro Miguel

DEIXE UMA RESPOSTA