População de Kakulo Kahango recebe doação da Liga Africana

Os bens doados vão minorar durante algum tempo as dificuldades da comunidade Fotografia: Dombele Bernardo
Os bens doados vão minorar durante algum tempo as dificuldades da comunidade Fotografia: Dombele Bernardo

Os habitantes da comuna do Kakulo Kahango, no Icolo e Bengo, província de Luanda, receberam , sábado, uma doação da Liga Africana. Dos bens doados constam medicamentos, mosquiteiros, bicicletas, motorizadas, material escolar, utensílios de cozinha, roupa e brinquedos.
Armando Costa, administrador comunal de Kakulo Kahango, pediu à Liga Africana para que continue a apoiar as populações carentes em todo o território nacional.
“A Liga Africana, na qualidade de parceiro do Executivo, deve ajudar, na medida do possível, as populações com dificuldades”, disse Armando Costa, apelando a outras associações para seguirem o exemplo da Liga Africana.
António Madaleno, presidente da Liga Africana, afirmou que a doação é resultado do objecto social da Liga Africana, que é de solidariedade para com as populações mais carentes.
A Liga Africana, assegurou, vai continuar a apoiar as populações de Kakulo Kahango com bens alimentares, instrumentos agrícolas e medicamentos. António Madaleno aproveitou a ocasião para dizer que a sua instituição tem ajudado a administração municipal da Ingombota na aquisição de brinquedos para as crianças durante a quadra festiva que se avizinha.
A associação, acrescentou, cria pontes de facilitação de vistos para angolanos que pretendam circular pelos países da comunidade de língua portuguesa. António Madaleno disse ainda que a associação está a trabalhar na área da literatura e tem planos para editar várias obras literárias, entre livros e brochuras.
No próximo ano lectivo, segundo António Madaleno, a Liga Africana vai oferecer merenda aos alunos da escola localizada nas instalações da associação.

A associação de solidariedade social, que existe há muitos anos,  perspectiva a construção de novospostos de saúde em algumas localidades do país.

 

Fonte: JA

DEIXE UMA RESPOSTA