Polícia apresenta suposto autor do crime

O Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional apresentou ontem, em Luanda, um indivíduo, por supostamente ter assassinado uma jovem numa pensão.
O assassínio de que é acusado ocorreu no dia 20 de Outubro deste ano e causou indignação e repúdio por parte da sociedade e familiares, que clamam por justiça.
O indivíduo reconheceu ter sido namorado da jovem, entre 1996 e 1999, altura em que o relacionamento terminou pelo facto de a companheira ter arranjado marido, com quem vivia até à data da sua morte.
O mesmo indivíduo contou que no fatídico dia recebeu uma chamada da jovem, com quem se encontrou depois numa pensão, alegando pretender entregar-lhe uma quantia monetária.
O autor confesso do crime revelou que, depois de discutirem, agrediu a vítima com um soco na cara e vários golpes com um ferro até à morte.Antes de abandonar a pensão, disse, limpou os vestígios de sangue e dirigiu-se à sua residência. Dias depois, foi detido por agentes da Investigação Criminal da Polícia.
O suposto assassino negou qualquer relação com a vítima depois de ela ter casado. Mas a sua versão contrasta com a da família da malograda, que alega que os dois se encontravam regularmente.
Ainda ontem, a Polícia apresentou um jovem que supostamente matou uma jovem que exercia a actividade de kinguila debaixo de um dos edifícios na rua Major Kanhangulo. Segundo a Polícia, o jovem convidou a senhora a subir até à sua casa, com o pretexto de querer trocar sete mil dólares, tendo, num dos andares, desferido vários golpes à vítima e se apossado da pasta que levava.

Nestor Goubel, porta-voz em exercício do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional, disse que a corporação trabalha no sentido de devolver o sentimento de segurança aos cidadãos, pelo que apelou aos munícipes da capital para colaborarem com as forças da ordem.Foram apresentados 457 cidadãos implicados em vários crimes, como assaltos em residências, roubo de viaturas, violação sexual, furto e assaltos na via pública.

André da Costa

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Dombele Bernardo

 

DEIXE UMA RESPOSTA