Partido islâmico vence eleições no Marrocos

Abdelillah Benkirane, presidente do partido islâmico, comemora resultados.
Abdelillah Benkirane, presidente do partido islâmico, comemora resultados.

O partido islâmico Justiça e Desenvolvimento (PJD) venceu as eleições legislativas realizadas na sexta-feira com 80 assentos (dos 395 do Parlamento), declarou neste sábado o ministro marroquino do Interior, Taib Cherkaui. Segundo o ministro, estes são resultados “provisórios e não definitivos” das eleições, enquanto a taxa de participação chegou a 45,4% dos eleitores registrados.

“As eleições legislativas se desenvolveram em um clima de transparência e no âmbito de uma livre concorrência”, declarou Cherkaui durante uma coletiva de imprensa em Rabat.

O PJD superou assim o partido Istiqlal, do primeiro ministro Abbas el-Fassi, que obteve 45 assentos. A União Nacional dos Independentes (RNI) e o Partido Autenticidade e Modernidade (PAM), dois grupos liberais próximos ao palácio real, conseguiram respectivamente 38 e 33 assentos.  O Istiqlal se dispôs a participar de negociações sobre a formação do futuro governo.

“Estamos gratos aos marroquinos que votaram no PJD, e estamos muito satisfeitos”, disse Abdelilah Benkirane, secretário-geral do PJD, na mesma coletiva de imprensa de Cherkaui. “(os ocidentais) Não precisam ter medo. Com o PJD, não haverá surpresas. Queremos aprofundar as relações com os ocidentais”, explicou, ao ser questionado sobre o assunto.

Depois do anúncio definitivo dos resultados, previsto para domingo, o rei Mohammed VI deverá designar como chefe do novo governo um líder do partido vencedor, como determina a constituição. Esta pessoa receberá a tarefa de formar um governo de coalizão.

 

Fonte: RFI

Foto: REUTERS/Youssef Boudlal

DEIXE UMA RESPOSTA