Parlamentares trocam experiências ao nível das assembleias provinciais

Os deputados do Parlamento angolano e da província cubana de Mayabeque trocaram sábado, naquela localidade, experiências sobre o funcionamento dos órgãos de soberania, durante um encontro que decorreu naquela localidade cubana, localizada 50 quilómetros a Leste de Havana.
As delegações parlamentares  dos dois países foram chefiadas pelos presidentes do Parlamento angolano, Paulo Kassoma, que cumpre uma visita oficial a Cuba, e da Assembleia Provincial de Mayabeque, Tamara Valito.
Na ocasião, o presidente da Assembleia Nacional, António Paulo Kassoma, disse que os deputados angolanos reconhecem a necessidade de se criar um nível de excelência na cooperação entre os parlamentos dos dois países, acompanhando o nível da cooperação existentes entre os governos.
Paulo Kassoma referiu que a sua visita a Cuba visa encontrar com os deputados cubanos  mecanismos que vão consolidar as relações neste domínio, aumentando o intercâmbio das experiências e concertar os métodos de actuação permanente no plano internacional.
Para Paulo Kassoma referiu que visitar uma  assembleia provincial em Cuba é uma experiência interessante, pois permite conhecer como funciona este órgão, tendo em conta a composição do Parlamento angolano, que tem deputados representantes de ciclos provinciais.
“Conhecer como os deputados provinciais trabalham e se interligam com os interesses da Assembleia Nacional é um dos objectivos desta visita”, afirmou.
A delegação parlamentar angolana, disse Paulo Kassoma, encontra-se em Cuba para reconhecer o apoio do povo cubano na luta pela independência e, actualmente, na preparação de quadros angolanos em vários domínios do saber e no processo de reconstrução do país. A presidente da Assembleia Provincial de Mayabeque, Tamara Valito, falou do processo de ascensão da região à categoria de província, a mais nova de Cuba, pois alcançou este estatuto apenas em 2010.
Destacou que Mayabeque é o bastião da agricultura, indústria e da ciência e tecnologia de Cuba, tendo, na ocasião, apresentado as suas potencialidades. Referiu que os deputados são eleitos de acordo com a proporcionalidade da população de cada uma das 600 localidades da província.
No terceiro dia em Cuba, Paulo Kassoma dedicou especial atenção à província de Mayabeque, onde visitou a fábrica de rum “Havana Club”, importante na economia cubana e a Universidade Agrária “Fructuoso Rodrigues Perez”.
O presidente da Assembleia Nacional incentivou os estudantes angolanos  que frequentam a Universidade Agrária de Mayabeque a empenharem-se na sua formação, lembrando que o país precisa de quadros qualificados para o processo de relançamento da economia nacional.  O líder do Parlamento disse aos estudantes angolanos que o país precisa de muitos quadros em diversas áreas para assegurar o seu processo de desenvolvimento. Paulo Kassoma reconheceu o contributo daquela universidade na formação dos angolanos.

Fonte: Jornal de Angola

 

DEIXE UMA RESPOSTA