Papa Bento XVI no topo da lista

Chefe da Igreja Católica Romana
Chefe da Igreja Católica Romana

O presidente dos Estados Unidos da América é o homem mais poderoso do mundo, diz a Forbes.
Barack Obama encontra-se no primeiro lugar do “top dez” das pessoas mais influentes do mundo, recuperando em 2011 o lugar do chinês Hu Jintao.
A chanceler alemã Ângela Merkel encontra-se em quarto lugar e é a primeira mulher na lista. Recentemente a Forbes classificou-a com a mulher mais influente do mundo. Em quinto lugar aparece Bill Gates, graças ao trabalho que a fundação com o seu nome e da esposa, Melinda, tem vindo a efectuar.
A Forbes explica que Bill Gates é um caso especial, pois “está a mudar o mundo através das vacinas”.
O Papa Bento XVI aparece no sétimo lugar desta lista.
Desde o ano em que foi elaborada pela primeira vez (2009) que Bento XVI está presente. Em 2009 foi a 11ª pessoa mais influente do mundo. Em 2010, ficou em quinto lugar. A revista Forbes descreve Bento XVI como um “forte tradicionalista”, a “mais alta autoridade terrena para 1,1 mil milhões de almas”.
São ainda lembradas as suas posições contrárias ao secularismo, ao consumismo e relativismo moral, e a sua posição  rígida em relação ao controlo da natalidade e ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.

A Forbes recorda que Bento XVI foi o primeiro Papa a visitar a Abadia de Westminster depois da Reforma Protestante do século XVI.
Em nono lugar está o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg. Na lista, a presidente do Brasil aparece em 22º lugar.
Dilma Rousseff foi considerada, recentemente, a terceira mulher mais influente do mundo.
Os factores que são tidos em conta na lista dos 70 mais poderosos do mundo: os recursos financeiros que controlam, se têm influência em mais que uma esfera de actuação e se exercem o seu poder para mudar o mundo.

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: AFP

DEIXE UMA RESPOSTA