OGE prevê aumento do crescimento real da economia

A proposta de lei do Orçamento Geral do Estado para o ano económico de 2012, aprovado na generalidade hoje (terça-feira) pela Assembleia Nacional, prevê um aumento significativo na taxa de crescimento real da economia, de 3,4% em 2011, para 12,8% em 2012. De acordo com o ministro das Finanças, Carlos Lopes, que falava na Assembleia Nacional, o Orçamento Geral do Estado (OGE), para 2012, projecta-se igualmente um aumento substancial das receitas do sector não petrolífero, de 7,5% em 2011, para 12,5% em 2012.

Disse que o Executivo se propõe alcançar uma produção petrolífera de 1,8 milhões de barris/dias em função dos investimentos feitos em novos campos, que serão comercializados ao preço médio de exportação de 77 dólares/barril. Referiu que a maior parte dos recursos da proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para o exercício económico de 2012 será alocada ao sector social, com 33,3 porcento do total das despesas do referido orçamento. Quanto à inflação, disse haver uma reversão da tendência de alta e estabelece como meta para o próximo ano uma inflação de 10 %. O Orçamento Geral do Estado para 2012 estima receitas e despesas em Akz 4.420.483.285.532 (quatro triliões, quatrocentos e 20 mil milhões, quatrocentos e oitenta e três milhões, duzentos e oitenta e cinco mil e quinhentos e trinta e dois kwanzas).

O OGE dedica parte considerável dos recursos disponíveis à melhoria das condições de vida das populações, à estabilidade e segurança nacional, bem como ao desenvolvimento socioeconómico do país. A proposta de lei do OGE para 2012 regista um aumento do valor de receitas e despesas comparativamente ao ano de 2011. Assim sendo, para 2012 o OGE prevê receitas e despesas em Akz 4.420.483.285.532 (quatro triliões, quatrocentos e 20 mil milhões, quatrocentos e oitenta e três milhões, duzentos e oitenta e cinco mil e quinhentos e trinta e dois kwanzas). Este valor ultrapassa as receitas de 4.172.417.663.145,00 (quatro triliões, cento e setenta e dois biliões, quatrocentos e dezassete milhões, seiscentos e sessenta e três mil e cento e quarenta e cinco), contempladas no OGE de 2011.

Fonte: Angop
Kamba de Almeida

DEIXE UMA RESPOSTA