Novos ataques em 2012

O professor Bondarenko fica e Pedroto não virá orientar a equipa, como falsamente de propala por ai. - Fotografia: Jornal dos Desportos
O professor Bondarenko fica e Pedroto não virá orientar a equipa, como falsamente de propala por ai. - Fotografia: Jornal dos Desportos

O técnico principal da equipa do Kabuscorp do Palanca, Victor Bondarenko vai continuar no comando da equipa vice-campeã do Girabola, na próxima temporada. A confirmação é de Domingos Jacinto, chefe de Departamento de futebol da popular agremiação do Palanca. Com este adiantamento da vinda do técnico russo fica satisfeito o desejo do professor, que se consistia em continuar no nosso país, e a dirigir uma equipa no Girabola, de preferência no Kabuscorp tendo em conta a adaptação ao clima de trabalho e a excelente relação com jogadores e adeptos que já cultivou.

“Gostaria de dar continuidade ao meu plano laboral neste país, que é dirigir uma equipa que joga no primeiro escalão de futebol, como o Kabuscorp. Enquanto estive orientá-la senti muito profundamente a vontade dos atletas em aprender comigo, e também o valor demonstrado pelos adeptos”, disse na altura da sua partida de férias à sua terra natal. Domingos Jacinto fez questão de explicar, falando ontem ao Jornal dos Desportos, que a sua direcção teve na quarta-feira de manhã, uma conversa telefónica, com o técnico Victor Bondarenko, e que este se predispôs em continuar a época 2012.

“Tivemos muito tempo de diálogo com o professor, mesmo ele estando em Moscovo e nós cá em Angola. E pelo entendimento que tivemos, estamos em condições de dizer que o técnico dará continuidade do trabalho que vinha realizando no nosso clube,” enfatizou.
Deste modo, o dirigente desmente a saída de Bondarenko, e desfaz também os equívocos daqueles que davam como certa a contratação para o seu lugar do técnico português Bernardino Pedroto. “O professor Bondarenko fica e Pedroto não virá orientar a equipa, como falsamente de propala por ai.”Domingos Jacinto confirmou ainda que, na segunda quinzena de Janeiro, o técnico estará de volta ao país para continuar a dirigir os destinos clube. “Bondarenko fez jus confirmando que, antes do final do primeiro mês do ano, vai se fazer presente na equipa”, disse Jacinto.

Direcção analisa e aprova

“A direcção do Kabuscorp teve de analisar os pontos positivos desenvolvidos pelo técnico Bondarenko, na época finda, para decidir se era viável ou não a sua permanência na equipa técnica ou não”, defendeu Domingos Jacinto. A análise levou a comitiva de Bento Kangamba, presidente do clube, a reflectir durante sensivelmente mais de um mês. Não pelo facto de o professor ser ou não, técnico de grande “gabarito e respeito”, mas sim, pelo desafio apresentado no programa da equipa para o Girabola do próximo ano. “O kabuscorp nunca tomou medidas momentâneas, quer para o clube, quer para a equipa principal em futebol.

Por isso houve a necessidade de se fazer um balanço dos feitos alcançados no Girabola’2011 com o técnico Bondarenko, que foram considerados positivos. Fizemos isto, não por duvidarmos das suas competências, mas sim, porque somos ambiciosos nos nossos programas. Pois, como qualquer equipa que consegue impor a sua marca aos consagrados nacionais, queremos acertar as nossas metas, no futebol e além fronteira”, defendeu. No entanto quanto a esta questão, segundo o dirigente palanquino, a direcção foi mais a fundo reuniu também com jogadores, sócios e responsáveis das claques de apoios, para saberem e definirem um futuro melhor para a equipa. Tudo isto, tendo em conta as metas a alcançar.

“Uma equipa é composta por vários membros. Então é com estes membros que tivemos de reunir e ouvir as suas questões, para o desafio que temos pela frente e foi muito gratificante o contributo prestado”, disse Jacinto.  “Consideramos a conquista alcançada ao longo da época, pois ninguém dos nossos adversários (equipas) esperavam que chegássemos a vice-campeão, apesar de não levarmos nenhuma das taças. Tudo isto tem também a ver com a competência da equipa técnica”.  Hermínio Fontes

Fonte: Jornal Desportos

DEIXE UMA RESPOSTA