Melhoria da notação de risco demonstra confiança na economia angolana

A revisão em alta da notação de risco de Angola pelas três principais agências de rating mundiais demonstra confiança na economia do país, de acordo com a Economist Intelligence Unit (EIU). Em Julho, a Standard & Poor’s elevou o rating angolano de B+ para BB-, com a previsão estável, colocando o país à frente de muitos dos seus pares regionais, nomeadamente a Nigéria.

Também a Moody’s, em Maio, e a Fitch Ratings, em Junho, tinham elevado a sua avaliação da qualidade do crédito angolano, o que “reflecte confiança na capacidade de Angola em manter um desempenho macroeconómico sólido”, refere a publicação. Isto, adiantam os analistas da EIU, apesar da elevada dependência do sector petrolífero na criação de riqueza no país.

DEIXE UMA RESPOSTA