Ler Agora:
Líder do PRS defende unidade dos angolanos
Artigo completo 2 minutos de leitura

Líder do PRS defende unidade dos angolanos

O presidente do Partido de Renovação Social (PRS), Eduardo Kwangana, defendeu no Sumbe a necessidade de se cultivar o espírito de unidade e reconciliação nacional, justiça e inclusão de todos os angolanos, sem discriminação racial, religiosa ou partidária.
Eduardo Kwangana fez este apelo quando discursava no Cine Sporting, perante os militantes, por ocasião do acto central alusivo ao 21º aniversário do PRS.
“A reconciliação e a unidade nacional estão acima de tudo no país. Não se pode voltar a pensar no passado. Estamos a andar pelo país e a livre circulação de pessoas e bens é um facto. Devemos agora trabalhar para que a paz alcançada seja mantida”, afirmou.
O político centrou o seu discurso sobre a necessidade de maior justiça social e defendeu um maior equilíbrio na distribuição da riqueza nacional pelos cidadãos.
Embora reconheça que alguma coisa tem sido feita no país, Eduardo Kwangana considerou que o crescente desenvolvimento da economia nacional ainda não se reflecte na vida dos angolanos.
O presidente do PRS incentivou os jovens a apostarem na formação académica e profissional para terem acesso ao emprego.
Eduardo Kwangana lembrou que a luta pela independência como objectivo principal o bem-estar e a justiça social, e custou o sangue de milhares de nacionalistas.
Presenciaram o acto membros do governo provincial do Kwanza-Sul, representantes de partidos políticos, autoridades tradicionais e eclesiásticas. Considerada a terceira força política da oposição, o PRS foi fundado a 18 de Novembro de 1990, depois da instauração do sistema multipartidário no país.

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »