Ler Agora:
Italia: Mario Monti pode anunciar novo gabinete nesta quarta-feira
Artigo completo 3 minutos de leitura

Italia: Mario Monti pode anunciar novo gabinete nesta quarta-feira

O novo premiê italiano, Mario Monti, durante conferência no Palácio Giustiniani, em Roma, nesta segunda-feira.

O ex-comissário europeu Mario Monti será oficialmente anunciado como o novo primeiro-ministro italiano nesta quarta-feira. A audiência com o presidente Giorgio Napolitano está prevista para às 10h da manhã, de acordo com um comunicado da Presidência da República. O novo premiê também poderá anunciar durante o dia a composição do novo governo.

O futuro novo premiê declarou nesta terça-feira estar ‘convencido’ de que a Itália podera superar essa fase difícil e se disse “confiante na solidez das instituições da sociedade civil e no seu pluralismo.” Mario Monti vai aceitar oficialmente a tarefa de dirigir o novo governo italiano e deverá adotar medidas de austeridade impopulares, como a reforma da aposentadoria.

O novo gabinete já estaria praticamente definido. Segundo a imprensa italiana, Guido Tabellini, reitor da universidade Bocconi, de Milão poderá assumir a pasta da Fazenda. De acordo com o presidente da Câmara dos Deputados, Gianfranco FiniA expectativa é que Monti solicite até sexta-feira um voto de confiança ao Parlamento, para que seu governo possa ter apoio suficiente para dar continuidade às reformas do país, cuja dívida soberana atinge atualmente 120% do PIB (Produto Interno Bruto). A Itália também está sob vigilância do FMI (Fundo Monetário Internacional).

Nesta terça-feira, o futuro novo premiê reuniu-se com o presidente Giorgio Napolitano depois de discutir com integrantes de diferentes partidos que poderiam integrar sua nova equipe. Ele também se encontrou com os responsáveis de duas grandes coalizões e disse estar certo de que todos estão dispostos a fazer “os sacrifícios necessários” para reestabelecer a confiança dos mercados financeiros e estabelecer um crescimento econômico “estável e duradouro.”

Se o presidente aprovar o novo gabinete, Monti e a nova equipe poderão prestar juramento nos próximos dias. Em seguida, ocorrerá a cerimônia de transferência de cargo entre o ex-premiê Silvio Berlusconi e o novo presidente do Conselho de Ministros, Mario Monti. O Partido Democrata, principal movimento de esquerda do país, e o Povo da Liberdade, de Berlusconi, já confirmaram seu apoio ao governo sem impor condições. “Mario Monti nos disse que obteve um acordo com as principais forças políticas para obter um apoio parlamentar consistente”, disse o líder sindical Raffaelle Bonanni.

A imprensa italiana não esconde seu ceticismo e destaca o risco de fortes dissidências no Parlamento, que podem impedir a votação das reformas econômicas necessárias. O jornal Corriere Dela Serra destaca que a única força do novo governo “é que ele representa um vasto movimento de opinião pública, reunindo, pela primeira vez, membros que nunca votaram a favor de Berlusocni e inúmeros de seus partidários.”

 

Taissa Stivanin

Fonte: RFI

Foto: REUTERS/Tony Gentile

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »